Morador de Plácido de Castro pede instalação de agência da Caixa no município

A decisão surgiu após passar e presenciar inúmeros transtornos dos cidadãos de Plácido de Castro por falta de uma agência bancária.

rufino

Rufino veio a Rio Branco protocolar na sede da Caixa documento pedido agência na cidade/Foto: ContilNet

Cansado de sofrer em busca de atendimento bancário a contento, o autônomo Antônio Rufino de Souza decidiu tomar para si a responsabilidade e protocolou documento junto à superintendência regional da Caixa Econômica Federal do Acre solicitando a implantação de uma agência bancária no município de Plácido de Castro.

O documento foi protocolado na última terça-feira (22) e o autor ainda aguarda a resposta.

De acordo com Rufino, a decisão de procurar a superintendência surgiu após passar e presenciar inúmeros transtornos dos cidadãos de Plácido de Castro por falta de uma agência bancária.

Ele informa que no município há apenas uma casa lotérica onde são realizados alguns atendimentos da Caixa Econômica. “Toda a demanda de pagamentos de carnês, boletos, saques, são feitos nessa lotérica. Acontece que nos dias de pagamento dos benefícios sociais, como por exemplo o Bolsa Família, temos filas imensas e muito transtorno”, disse.

Antônio Rufino afirma ainda que Plácido de Castro dispõe de todos os requisitos para que uma agência seja instalada na cidade, inclusive um número considerável de moradores. “Temos mais moradores do que Assis Brasil, por exemplo, e lá tem agência. Não entendo por que não instalaram ainda em Plácido de Castro.”

Com o ofício solicitando a instalação da agência, Rufino também levou até a superintendência um abaixo-assinado com 2.400 assinaturas de outros moradores de Plácido de Castro que também pedem que a superintendência da Caixa Econômica construa uma agência na cidade.

comentários

Veja também