Motoristas denunciam acúmulo de lixo às margens da BR-364 próximo ao Bujari

Os objetos que foram jogados são televisores quebradas, caixas de som e carcaças de diversos outros materiais eletrônicos

Televisores fora de funcionamento compõem maior parte do lixo /Foto: ContilNet

Televisores fora de funcionamento compõem maior parte do lixo /Foto: ContilNet

O acúmulo de lixo jogado às margens da BR-364, no km 50, tem chamado a atenção no município de Bujari e mostrado a falta de consciência com o meio ambiente. A reportagem da ContilNet procurou a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, que explicou que o recolhimento é de competência dos municípios neste tipo de caso.

Os objetos que foram jogados são televisores quebradas, caixas de som e carcaças de diversos outros materiais eletrônicos. O lixo acumulado mostra a total falta de respeito com o meio ambiente, tendo em vista que predomina ao longo das margens da rodovia uma vegetação importante para o ecossistema.

A reportagem ligou para o prefeito Tonheiro Ramos (PT) para saber quais as providências estão sendo tomadas para tirar o lixo jogado às margens da rodovia, já que os objetos estão no território do município e de acordo com informações da Secretaria de Estado de Meio Ambiente é de responsabilidade municipal.

Uma mulher que se identificou como Pâmela Conde, ao atender o telefone do prefeito, disse que Tonheiro não estava sabendo da situação e que retornaria à reportagem logo que tivesse informações do assunto.

Até o fechamento da reportagem os gestores do município não retornaram a ligação para explicar quais as medidas teriam sido tomadas para garantir o recolhimento do lixo.

comentários

Outras Notícias

Veja também