“Marcio honrou em vida não somente seu time, mas a sua história e de sua família”, diz Cameli

Cameli disse que o médico Marcos Koury foi um acreano que honrou em vida não somente seu time, mas a sua história e de sua família

Audiência Pública: Comissão de Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional (CAINDR) Brizza Cavalcante 14/6/2011 Plenário 15

Senador Gladson Cameli enviou nota de pesar a família Bestene

O senador Gladson Cameli (PP) lamentou a morte de 75 pessoas do time Chapecoense, entre elas o médico acreano Marcio Koury, que é sobrinho do ex-deputado José Bestene, e filho de Nabiha Bestene, ambos militantes tradicionais do Partido Progressista.

“Me solidarizo com todas as famílias das vítimas e destaco aqui minha dor e de meus familiares pela morte de um amigo e um acreano que honrou em vida não somente seu time, mas a sua história e de sua família”, disse Cameli.

Vejam a nota:

Lamentavelmente iniciamos o dia com a triste notícia sobre a queda do avião que vitimou fatalmente 75 pessoas, entre elas os membros do time de Santa Catarina, o Chapecoense, que participaria nesta quarta-feira (30) da final da Copa Sul-Amerciana, na Colômbia.

Me solidarizo com todas as famílias das vítimas e destaco aqui minha dor e de meus familiares pela morte de um amigo e um acreano que honrou em vida não somente seu time, mas a sua história e de sua família. Dr. MARCIO KOURY, filho da minha amiga Nabiha Bestene, e do meu amigo José Bestene, era chefe da equipe médica do time Chapecoense.

Meus sinceros pêsames, e que Deus console seus corações nesse momento de tanta dor. Um abraço fraterno em todos vocês, meus amigos!

comentários

Veja também