Prefeitura realiza audiência pública para discutir atualização do Plano Diretor de Rio Branco

“No antigo Plano a Avenida Amadeo Barbosa e a Quarta Ponte nem existiam", lembrou Marcus Alexandre

Depois de mais de um ano de debates, encontros, reuniões e dezessete propostas apresentadas por lideranças comunitárias, sociais, sindicatos e conselhos, a Prefeitura de Rio Branco realizou nesta quinta-feira, 01, no auditório da Secretaria de Fazenda do Acre (SEFAZ), a audiência pública para apreciação e aprovação das propostas para o novo Plano Diretor da cidade. O prefeito Marcus Alexandre, anfitrião do evento, destacou a importância do momento, já que o Plano terá vigência de dez anos: “No antigo Plano a Avenida Amadeo Barbosa e a Quarta Ponte nem existiam. O novo Plano, que representa um pacto entre a sociedade e o poder público, atualiza a condição urbana da cidade e regulariza situações atuais como a Zona Azul, os centros comerciais dos bairros, áreas verdes e de proteção ambiental, entre outros pontos. E tudo é proposto e debatido com os representantes dos diversos segmentos sociais”, destaca o prefeito, lembrando que o cuidado com o meio ambiente é reforçado no atual Plano Diretor.

audiencia-publica-do-plano-diretor-de-rio-branco-3

Após a audiência, o texto segue para análise e votação na Câmara de Vereadores. Todo o processo, desde as reuniões com moradores dos bairros, Conselhos de Classe e o Ministério Público, que busca uma cidade inclusiva e com qualidade de vida para os moradores, foi elogiado pela promotora Rita de Cássia, da Habitação e Urbanismo do Ministério Público Estadual. “Essa é uma das leis mais importantes de uma cidade e a Prefeitura fez sua parte com a convocação para os debates e elaboração de propostas. Tudo com a legitimação popular. O novo Plano incluiu, por exemplo, vilas ao perímetro urbano da cidade, o que proporcionou melhorias com relação à limpeza pública”, cita ela.

A vice-presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo, Laís Medeiros, diz que a categoria apresentou cinco propostas ao Plano, que inclui questões sobre acessibilidade e arborização da cidade. Ela cita ainda que o momento é muito importante e positivo. “Nós buscamos o bem-estar social e esse momento é fundamental para isso”.

audiencia-publica-do-plano-diretor-de-rio-branco-estudantes-de-engenharia

Depois da Audiência Pública, as propostas aprovadas, alterações e o texto final seguem para a Câmara Municipal de Rio Branco para ser votado ainda este ano. O vice-presidente da Câmara, presente na Audiência Pública, vereador Raimundo Vaz, avalia que o legislativo municipal “só fará alguma alteração caso seja extremamente necessário, porque acreditamos que esse Plano está condizente com o atual momento de desenvolvimento da cidade”.

audiencia-publica-do-plano-diretor-de-rio-branco-4

Participaram da Audiência Pública de Revisão do Plano Diretor de Rio Branco, o vice-prefeito de Rio Branco, Márcio Batista; o presidente do ITERACRE, Nil Figueiredo, representando o Governo do Estado; os alunos do curso de Engenharia da Universidade Federal do Acre e os vereadores Gabriel Forneck, Lene Petecão, Graça da Baixada, Rose Costa, Ismael Muniz, Rabelo Góes e Fabiano Oliveira, além dos vereadores eleitos Elzinha Mendonça, Juruna e Rodrigo Forneck.

comentários

Veja também