Em alerta por risco de alagação, ribeirinhos do Juruá tem fornecimento de energia interrompido

De acordo com a gerência da Eletrobrás, tal medida e necessária para garantir a segurança dos moradores da região

O rio Juruá, principal manancial que banha a cidade de Cruzeiro do Sul, amanheceu nesta sexta-feira (6) com sua cota de profundidade em 11 metros. A cota de alerta para cheias na região é de 11,80 metros, e com a previsão de que chuvas devem atingir a região pelo menos até a próxima terça-feira (10), medidas preventivas já começaram a ser tomadas pelos órgãos responsáveis do município.

Os moradores das margens do Juruá tiveram o fornecimento de energia interrompido para evitar maiores riscos, como descargas elétricas devido ao contato da fiação de suas residências com a água. De acordo com a gerência da Eletrobras, tal medida e necessária para garantir a segurança dos moradores da região.

Rio Juruá está a menos de um metro da cota de alerta (Foto: Adelcimar Carvalho/G1)

Em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Meio Ambiente do Estado (Sema), foi informado que medidas preventivas já vem sendo tomadas pelos órgãos responsáveis no estado desde meados do mês de novembro, e que com o alerta ligado em relação à cheia do Rio Juruá, equipes já trabalham para evitar imprevistos e antecipar dificuldades da população local.

Com informações do Juruá Online

comentários

Outras Notícias

Veja também