Acre celebra Dia do Índio com legislação estadual voltada para a educação indígena

Atualmente, o Acre possui 600 professores indígenas atuantes

Com mais de sete mil alunos indígenas distribuídos em 212 escolas construídas nas aldeias, o estado do Acre celebra o Dia do Índio com mais uma conquista: a criação de uma legislação estadual que reconhece e especifica a educação indígena no Acre.

Esse instrumento foi criado durante o último encontro de professores indígenas, promovido no início deste mês, em Rio Branco, sendo esta a primeira legislação do gênero no Brasil.

Educação Indígena agora é reconhecida no Acre /Foto: Eunice Caetano

Atualmente, o Acre possui 600 professores indígenas atuantes. Segundo Paulo Roberto Ferreira, coordenador da Educação Indígena da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE), tratam-se de mudanças para melhor direcionar esse segmento educacional: “Essa legislação garante as especificidades, interculturalidades e a diferença na educação escolar indígena, norteando a gestão e garantindo a continuidade da política pública.”

Para este ano, foram anunciadas pelo governo do Estado a entrega de mais nove escolas, em parceria com as secretarias de Educação e Obras Públicas. Além destas, também foi anunciada a implantação de um Centro Cultural Bilíngue, na aldeia Água Viva, localizada na Terra Indígena de Huni Kuin, no município de Tarauacá.

Com informações da Agência de Notícias

comentários

Outras Notícias

Veja também