Operação Urbanus: Polícia Civil realiza sete prisões e três apreensões no interior

Ação conta com participação direta de 60 agentes, três delegados e dois escrivães de polícia no uso de 15 viaturas e uma lancha

A Polícia Civil iniciou na madrugada desta quinta-feira (4) a 1ª fase da operação “Urbanus” no município de Manoel Urbano, distante 230 quilômetros de Rio Branco. A operação segue um planejamento estratégico de combate a criminalidade e retirada de circulação pessoas em conflito com a lei em todo Estado do Acre.

Esta ação conta com planejamento da Delegacia do município com participação direta de 60 agentes, três delegados e dois escrivães de polícia no uso de 15 viaturas e uma lancha de apoio nas ações fluviais, dando cumprimento a 16 medidas judiciais contra pessoas que agiam na prática de roubo, tráfico, associação para o tráfico, organização criminosa, estupro e homicídios na região.

Suspeitos presos durante a Operação Urbanus /Foto: ASCOM SESP

Durante a ação policial foram presas sete pessoas, todas com passagens pela policia, três menores foram apreendidos, um deles já com mandado de internação, e uma pequena quantidade de droga. Das prisões, quatro flagrantes foram efetuados, dois por droga e dois por organização criminosa com vasto material de contabilidade do crime organizado.

“Nós representamos contra essas pessoas junto ao poder judiciário e de posse dos mandados logramos êxito nas prisões. Tiramos de circulação pessoas com envolvimento direto em organizações criminosas que agiam no município comandando trafico de droga. É uma vitória da sociedade e da segurança pública do Estado no combate a criminalidade”, disse o coordenador da operação e delegado Marcos Franck.

Ação policial contra o crime no interior /Foto: ASCOM SESP

O nome da operação, “Urbanus”, tem origem no Latim que significa “pertencente à cidade”. Urbano é tudo aquilo que está relacionado com a vida na cidade e com os indivíduos que nela habitam, por oposição a rural, que é relativo ao campo e ao interior. A operação foi realizada em Manoel Urbano com apoio de agentes da capital. As investigações da operação “Urbanus” tiveram início há 60 dias e são uma resposta do Estado a toda e qualquer organização criminosa que tenta agir no Acre.

comentários

Outras Notícias

Veja também