“O dinheiro público desviado faz muita falta”, diz Bittar ao pregar a unidade das oposições

Marcio chegou a Cruzeiro do Sul na semana passada, onde se reuniu com filiados do PSDB e de outros partidos para discutir as eleições de 2018

“Em Marechal Thaumaturgo a população é muito sofrida, sem assistência e isolada. O dinheiro público desviado faz muita falta”. A frase é do ex-deputado Marcio Bittar (PSDB), que desde a semana passada percorre os municípios mais isolados das regiões do Juruá e do Purus junto com a esposa Marcia, amigos e assessores.

Marcio chegou a Cruzeiro do Sul na semana passada, onde se reuniu com filiados do PSDB e de outros partidos para discutir as eleições de 2018 e encontrar uma maneira de unir a oposição em todo o Estado.

Marcio durante encontro no interior /Foto: Reprodução

Na “Capital do Juruá”, Marcio inaugurou, junto com o prefeito Ilderlei Cordeiro, uma estação de tratamento de água, fruto de uma emenda parlamentar que ele liberou para o município quando ainda era deputado federal. A obra custou 500 mil reais e irá beneficiar cerca de trezentas pessoas.

“Desde o meu primeiro mandato tenho procurado apoio junto aos órgãos federais e, através de emendas parlamentares, ajudar todos os municípios e também o próprio Governo Estadual, independente do partido do governante”, disse Bittar.

Parlamentar percorreu as ruas para, além de ouvir lideranças, ouvir as revindicações do povo do interior /Foto: Reprodução

O empresário Marcele Tomé, que acompanhou Bittar nas visitas que o tucano fez aos municípios do Juruá e Purus, diz que Marcio traz uma mensagem da unidade da oposição, em nome de salvar o Acre da estagnação e devolvê-lo à democracia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“O Marcio tem lutado muito pela unidade da oposição. Apesar de ser um nome preparado para cumprir um mandato no Senado da República, ele tem se colocado não como uma imposição, mas como uma possibilidade. Acho que as outras pessoas que também têm intenção em disputar esse cargo deveriam agir assim. Muitos da oposição estão olhando para si, não para unir as lideranças”, disse Tomé.

Para os locais de difícil acesso, Marcio e Marcio Bittar enfrentaram horas de barco e cumpriram agenda /Foto: Reprodução

O vereador de Cruzeiro do Sul, Clodoaldo Rodrigues (PR), que também acompanhou Bittar, disse que o povo acreano tem um grande respeito pelo projeto da oposição e pelo ex-parlamentar.

Casal foi recebido por muitos amigos no interior /Foto: Reprodução

“O Marcio é ficha limpa e tem tido uma aceitação muito boa por parte da população dos municípios por onde tem passado. É um nome bom para disputar uma vaga de senador, porque é um homem que tem nome limpo, foi deputado estadual e federal, não se envolvendo em nenhum escândalo. Acredito que as lideranças da oposição irão se unir em torno de apenas dois nomes para a disputa no Senado, e o nome de Gladson Cameli para o governo. O meu projeto é defender a oposição, temos que nos unir e nos fortalecer juntos”, diz o parlamentar.

comentários

Veja também