Com quatro pré-candidatos ao Senado, oposição quer definir chapa majoritária até o mês de setembro

Cameli quer iniciar ainda este ano uma rodada pelo Estado com os nomes definidos para a chapa majoritária

Dia nacional da CPI [leia-se pizza]

Dia Nacional da Pizza

Hoje é o dia nacional da pizza. Preparação culinária que no Brasil é comparada a uma CPI, ou seja, quando uma investigação feita por políticos não dá em nada. Como vem acontecendo atualmente na Assembleia (com a CPI da Sehab) e na Câmara Municipal (com a CPI dos Transportes Públicos).

Apoio

Nas duas Casas Legislativas não faltou apoio dos presidentes. Tanto o vereador Manuel Marcos (PRB), quanto o deputado estadual Ney Amorim (PT), que ofereceram estrutura para o funcionamento das comissões e investigações. No caso da CPI da Sehab, essa está paralisada. Tem maioria da base do governo.

Pizza

Mas não é a famosa expressão “tudo acaba em pizza” que se comemora nesta segunda-feira (10). Hoje é mesmo o dia nacional da Pizza. Esta data homenageia uma das invenções culinárias mais apreciadas por diversas pessoas ao redor do mundo, em especial os brasileiros.

Itália

Pizza é uma preparação culinária de origem italiana e famosa no mundo inteiro, que consiste em um disco de massa, regado com molho de tomates e coberto com ingredientes variados, como queijo, carnes, ervas. Existem até pizzas doces.

Os incêndios voltaram

Incêndio no prédio do MP

Junto com a onda de assaltos que toma conta de Rio Branco, os incêndios voltaram. Neste sábado (8) o prédio do Ministério Público (MPAC) na Cidade do Povo pegou fogo. Há suspeitas de que o sinistro foi criminoso.

Casas incendiadas

Como esta coluna já falou, mais de 14 casas já foram incendiadas por facções na Cidade do Povo. O local, que foi o maior projeto habitacional defendido pelo atual governo, transformou-se em uma das regiões mais violentas do Estado do Acre.

Vila Acre

Na Vila Acre, no portal de entrada desse tradicional bairro, um carro modelo Fiat amanheceu incendiado. Ninguém sabe detalhes sobre o sinistro. Nem as autoridades da Segurança Pública – que adoram esconder números de violência – falaram sobre o caso.

Incêndio

Por falar em incêndio, mais um prédio da Ronsy pegou fogo, dessa vez na cidade de Senador Guiomard. Em abril de 2016, a maior loja do grupo pegou fogo em Rio Branco. Ainda não foi revelado o total de perdas do segundo sinistro. Estranho, não é mesmo? Dois incêndios em menos de um ano e meio.

PP fortalecido

O Partido Progressista ganhou o quarto deputado estadual. Nelson Sales, ex-PV, engrossa as fileiras do partido do senador Gladson Cameli. Nelson está de olho em uma cadeira na Câmara dos Deputados. O deputado é de Sena Madureira, onde, recentemente, Cameli perdeu o apoio do grupo de Toinha e Zé Vieira.

Whendy

O Partido Progressista luta para ficar com os quatro deputados. É que Whendy Lima pode ir para a mesma sigla que seu pai, N. Lima – que saiu do DEM – filiar-se. O PPS deveria ser a nova casa de Lima, mas o partido não aceita políticos com mandatos, e neste caso, recusa-se a aceitar Whendy Lima em seus quadros.

Dobradinha

N. Lima e o filho Whendy Lima

 

N. Lima quer uma sigla que assegure legenda para sua pré-candidatura à Câmara dos Deputados e do filho, Whendy, para reeleição na Assembleia Legislativa do Estado do Acre. Esse é mais um projeto de “familiocracia” na oposição.

No Juruá

Está a cada dia mais difícil se sustentar o projeto do ex-prefeito Vagner Sales, que pretende emplacar sua pré-candidatura ao Senado, pelo PMDB, a esposa, Antônia Sales, para Assembleia e a reeleição da filha, Jéssica, para o Congresso Nacional.

Atrapalha

Para analistas políticos, a ambição de Vagner (e do próprio PMDB) atrapalha a eleição majoritária da oposição no Juruá. Exemplo disso foi a última eleição para governo, em que o grupo de Vagner Sales, mesmo no comando da prefeitura, não foi capaz de dar vitória ao então candidato Marcio Bittar.

Gladson Cameli

Até setembro

O grupo de oposição quer definir até o mês de setembro os nomes que vão compor a chapa majoritária. Uma nova rodada de pesquisas está acontecendo em todo o Estado. Quem vem incentivando essa decisão é o senador Gladson Cameli que, até agora, figura como o melhor nome do grupo.

Projeto

Cameli quer iniciar ainda este ano uma rodada pelo Estado com os nomes definidos para a chapa majoritária, em plenárias que vão ouvir a população e ajudar a formular um plano de governo. Segmentar a pré-campanha é palavra de ordem dos partidos de oposição.

Enquanto isso…

A discussão na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) em torno da denúncia apresentada contra o presidente Michel Temer estará no centro das atenções da Câmara dos Deputados nesta semana. A acusação foi apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e, para ter prosseguimento perante a Justiça, precisa ser admitida pelos deputados em duas etapas de votação: primeiro na CCJ, depois no plenário.

Dia D

O trâmite na CCJ terá início nesta segunda-feira (10) à tarde, com a leitura do parecer do relator Sérgio Zveiter (PMDB/RJ) pela admissibilidade ou não da denúncia. No mesmo dia, logo após a apresentação do relator, a defesa de Temer deve fazer a exposição oral de seus argumentos na CCJ.

Domingo de reuniões

O presidente Michel Temer se reuniu na manhã deste domingo (9) com os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira, no Palácio do Jaburu. A reunião durou mais de uma hora e ocorre às vésperas de votações importantes no Congresso, como a da reforma trabalhista, no Senado, e do aval dos deputados ao prosseguimento da denúncia apresentada contra Temer ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Dor crônica

A dor crônica é relatada por 37% dos brasileiros, aponta pesquisa da Sociedade Brasileira para Estudo da Dor (SBED). Os dados desse estudo foram debatidos no 4º Congresso da Sociedade Brasileira de Médicos Intervencionistas em Dor (Sobramid), que terminou neste domingo (9) em Campinas, no interior paulista. Métodos inovadores como uso de estímulos elétricos com tecnologia sem fio também estiveram na pauta do encontro, que reuniu mais de 200 profissionais especializados no tratamento deste tipo de dor que persiste por, no mínimo, três meses.

Prevenção

O uso de celulares e tablets pode ser um fator que colabora para o aumento de dores crônicas. “A cabeça na posição, a 0º, pesa 7 quilos no adulto. Contudo, a cabeça na posição de 60º [olhando oara baixo] passa a pesar 27 quilos. Estamos falando de maus hábitos que a tecnologia trouxe para a população”, alertou o médico.

comentários

Veja também