Pimenta: TRT confirma sentença para demissão de mais de 1.800 servidores do Pró-Saúde no Acre

A notícia é uma bomba no meio, que pode fragilizar ainda mais um setor que está na UTI

Morto vivo

O presidente Michel Temer vem demonstrando força até aqui. Aprovou com ampla vantagem a Reforma Trabalhista e conseguiu vencer na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de Deputados o processo que pede autorização para que o Supremo Tribunal Federal lhe investigue por corrupção passiva.

Michel Temer

Base aliada

Temer, no momento de maior crise de seu governo, tem o que Dilma não conseguiu ter: base aliada. Se conseguir vencer na Câmara dos Deputados e arquivar o processo, vai respirar por mais tempo.

Após o recesso

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, anunciou que a votação do parecer contrário ao prosseguimento da denúncia contra Michel Temer ocorrerá no próximo dia 2 de agosto, após o recesso parlamentar.

Acordo

De acordo com ele, a decisão foi tomada após um acordo feito com as lideranças do governo e da oposição, logo depois de ter sido aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) o relatório que recomenda o arquivamento da denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer pelo crime

de corrupção passiva.

Efeito Lula
O dólar ampliou a queda em relação ao real nesta quinta-feira (12) após a notícia sobre a condenação do ex-presidente e Luiz Inácio Lula da Silva. Antes, a moeda já operava em baixa, em meio ao otimismo com a aprovação da reforma trabalhista sancionada pelo presidente Michel Temer.

Boas notícias

A próxima revisão da programação do Orçamento, a ser anunciada no fim do mês, deve liberar recursos para os ministérios, informou nesta quinta-feira (13) o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Ele não disse quanto será liberado, mas destacou que a arrecadação de junho da Receita Federal, que será divulgada na próxima semana, traz números positivos.

DEM no Acre

O Democratas no Acre não comemora a vitória de Michel Temer no Congresso Nacional. Depois de prever a caída do senador Gladson Cameli na Lava Jato – pura ilação política – Tião Bocalom apostava todas as fichas que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, assumisse o governo.

Avaliação

Na avaliação dos democratas, Rodrigo Maia na presidência, mesmo que por no máximo 30 dias, fortaleceria a projeção do nome de Tião Bocalom a uma candidatura majoritária. O ex-prefeito de Acrelândia não descarta ser pré-candidato ao Palácio Rio Branco mais uma vez.

Bittar no PMDB

O ex-deputado federal Marcio Bittar deve ir para o PMDB. A informação corre à boca miúda nos bastidores da política acreana. Mas, segundo uma pessoa próxima de Bittar, a executiva nacional do PSDB não permite a saída do tucano do ninho e promete arrumar a Casa.

Menos recursos

O Estado do Acre terá menos dinheiro em 2018. A previsão de queda nas receitas ultrapassa meio milhão de reais. Duvido que o governador diminua a receita da Companhia de Selva, ainda mais em um ano político. A LDO está na Assembleia Legislativa do Acre. Por enquanto, sem nenhuma audiência pública para discussão do orçamento.

Servidores pró saúde em paralisação

Demissões

A Procuradoria do Estado perdeu em segunda instância o recurso para evitar a demissão de R$ 1.800 servidores do Pró-Saúde. A notícia é uma bomba no meio, que pode fragilizar ainda mais um setor que está na UTI. A decisão é do Tribunal Regional do Trabalho.

PGE estuda decisão

A PGE estuda as medidas cabíveis para manter os servidores no quadro. Uma batalha jurídica que promete, mas uma situação que mexe com a tranquilidade de milhares de pais de família. O clima é de incerteza e insegurança.

Café da manhã

A vice-governadora Nazaré Araújo gosta de um bom café da manhã. Contratou, mesmo com toda a crise que castiga a mesa das famílias acreanas, R$ 60 mil em cardápios variados que ela vai desfrutar com toda a sua equipe, segundo o Estado, “de acordo com a necessidade”.

Pizza

Já que os manifestantes foram impedidos de entrar com pizzas no plenário da Câmara Municipal de Rio Branco, a vereadora Lene Petecão (PSD) levou uma, tamanho gigante, para a Tribuna da Casa. Tudo por conta do tal relatório que reconhece o desequilíbrio fiscal das empresas de transportes coletivos e inocenta o município de irregularidades nos termos aditivos.

Redes sociais

Turma não deixou barato. Roda nos grupos de redes sociais um banner com a imagem dos 9 vereadores que votaram a favor do relatório produzido pelo petista Jackson Marinheiro. Isso é que se chama base aliada.

Empréstimo

O prefeito Marcus Alexandre não teve dificuldade nenhuma para aprovar por meio do legislativo um empréstimo de mais de R$ 100 milhões. Segundo sua assessoria, essa montanha de recursos é para o pagamento de precatórios. Tomara que o município não embarque no mesmo caminho do Estado.

Lula fora do jogo

A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), responsável pelos processos da Operação Lava Jato, julgará em segunda instância o processo que levou nesta quarta-feira (12) à condenação do petista Lula. Os desembargadores, sediados em Porto Alegre, têm levado em média um ano para julgar os casos da operação.

comentários

Veja também