Ibama diz ‘não’ à exploração de petróleo em corais da Amazônia

1,3 milhão de pessoas assinaram petição pedindo a proibição da exploração de óleo na região

Os corais da Amazônia estão salvos, por enquanto! O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) publicou nota, em seu site, na qual rejeita a licença ambiental que permitiria que a petrolífera francesa Total explorasse petróleo na bacia da foz do rio Amazonas, que é o lar desses corais.

Sem dúvida, trata-se de uma importante decisão para proteger esse ecossistema – único recife desse tipo no mundo – e ainda muito pouco conhecido dos pesquisadores.

1,3 milhão de pessoas assinaram petição pedindo a proibição da exploração de óleo na região. (Créditos: divulgação Greenpeace)

Tal documento atende manifestações de ONGs – como o Greenpeace, que criou intensa campanha sobre esse tema, incluindo petição assinada por mais de 1,3 milhão de pessoas – e de cientistas de todo o mundo que, em julho, assinaram Carta Aberta em Defesa dos Corais da Amazônia reivindicando por mais pesquisas sobre esse ecossistema, que foi revelado ao mundo apenas no ano passado.

comentários

Veja também