Veja como foi o primeiro encontro dos Amigos de Sena no Parque das Acácias, no fim de semana


Um dos momentos emocionantes foi quando os organizadores prestaram homenagem ao coronel Manoel Pedro Neto

Foto capa MARY COSTA, DA CONTILNET, PARA CONTILNET

O encontro dos Amigos de Sena Madureira ocorrido na noite do último sábado (23) no Parque das Acácias para comemorar os 113 anos do município, foi um sucesso. Pessoas que não se viam há dez anos, ou mais, puderam se abraçar e lembrar os dias de glória do município que já foi até capital do Acre.

O empresário Carlos Borges, que reside em Manaus desde os seus 14 anos de idade, era só alegria ao lado de também empresário João Nunes, o Duduca, outro que estava com a felicidade estampada no rosto por rever tantos amigos de sua época, e os atuais.

Amigos de Sena se reuniram no Parque das Acácias no fim de semana para comemorar 113 anos do município/Fotos: ContilNet

“Precisamos fazer um encontro desse todos os anos. Estou muito feliz por rever tantos amigos da minha infância e outros que construí ao longo da minha vida”, disse Nunes.

Durante a festa, que foi animada pelos músicos Rinaurio e Stêfany, contou com a participação de Jota Alves e os Garotos do Som, uma das bandas que mais fez sucesso em Sena Madureira no início dos anos 80. Dean, Zezinho Pinheiro e Miguel Neto arrasaram no palco com sucessos daquela época.

O último fim de semana foi bastante movimentado em Sena Madureira com a reinauguração do estádio José Marreiro Filho, o Marreirão, desfile cívico, show do cantor Amado Batista e outros eventos. Mas o reencontro dos Amigos de Sena movimentou a cidade. Fazia muito tempo que os bares, restaurantes e hotéis não recebiam tanta gente.

O evento recebeu senamadureirenses que moram em vários estados ao país/Fotos: ContilNet

Um dos momentos emocionantes foi quando os organizadores prestaram homenagem ao coronel Manoel Pedro Neto, assassinado há pouco mais de uma semana em Sena Madureira, e a outros senamadureirenses, como Eduardo Diniz, que não compareceu ao evento por problemas de saúde. A mesa de número 16, que seria ocupado por Manel Pedro e seus familiares não foi vendida. Em cima dela estava um buquê de flores.

ContilNet esteve lá para registrar o grande encontro.

comentários