DNIT fecha pacote de investimentos na capital com rotatória no Santo Afonso

Superintendente do DNIT falou dos avanços no projeto do Anel Viário entre Epitaciolândia e Brasileia

O Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT) no Acre fecha os investimentos de R$ 3,3 milhões aplicados na malha viária urbana das BRs que cortam a Capital, com a construção de uma rotatória no Residencial Santo Afonso.

O projeto vai atender a uma antiga reivindicação dos moradores dos Loteamentos Santo Afonso, Rosa Linda e Belo Jardim, no Segundo Distrito da Capital. Os moradores vão organizar um café da manhã para agradecer os serviços.

“Esse é um pedido especial dos presidentes de bairros e do senador Gladson Cameli (Progressistas), que fecha o pacote de obras urbanas realizado pelo órgão em Rio Branco, dando maior segurança ao tráfego pela BR-364 “, disse o superintendente do DNIT, Thiago Caetano.

Caetano acrescentou que todas as metas planejadas para acontecer em 2017, foram cumpridas. Somente de malha urbana da BR-364 foram recuperados 70 km de malha. Ele retornou na madrugada desta terça-feira (14) de Brasília, onde defendeu a ampliação de investimentos para as BRs 317 e 364 e obras estruturantes no setor urbano cortado por essas rodovias.

“Fizemos uma reunião com a participação do senador Gladson Cameli, junto a diretoria do DNIT nacional, acompanhando o andamento das obras e metas assumidas pelo órgão para o Estado do Acre”, acrescentou Caetano.

Projeto vai atender a uma antiga reivindicação dos moradores/Foto: ContilNet

Epitaciolândia e Brasileia

Ainda de acordo Thiago Caetano, o projeto de construção do Anel Viário entre as cidades de Brasileia e Epitaciolândia está em andamento.

“Os recursos estão garantidos, estamos na fase da apresentação de um plano de trabalho que é competência do Deracre, que já foi enviado para aprovação do DNIT e, paralelo a isso, a licitação da obra que também está em fase avançada”, garantiu o superintendente.

comentários

Outras Notícias

Veja também