TV LG oferece imagem perfeita independente do ângulo de visão

Os modelos Ultra HD, Super Ultra HD e OLED da LG contam com tecnologia que proporciona imagem nítida e precisa

O ângulo de visão da TV raramente é um problema quando estamos sozinhos em uma sala. Mas, quando muita gente começa a se juntar, é comum ouvir perguntas como “consegue ver daí?” ou “posso virar um pouquinho a tela?”.

Uma novidade tecnológica transforma esse tipo de situação em uma mera lembrança nostálgica. Televisores recém-lançados no Brasil pela LG oferecem uma exibição de imagem perfeita independente do ângulo de visão do espectador – ou seja, esteja você sentado de frente para a tela ou diagonalmente com relação ao painel da TV, é possível ver a imagem com a mesma qualidade.

“A gente sabe que assistir à TV não é algo que só fazemos sozinhos. Normalmente, temos família ou amigos envolvidos, e aí é quando a experiência com o ângulo de visão passa a ser extremamente importante”, diz Igor Krauniski, gerente de produto da LG. Todos os televisores da linha 4K 2017 da empresa, como os modelos Ultra HD, Super Ultra HD e OLED, contam com a tecnologia que proporciona uma imagem nítida e precisa de onde o espectador estiver.

Segundo Krauniski, o que garante isso é a qualidade dos painéis IPS da LG. “Temos uma forma mais inteligente de alinhar os cristais líquidos da tela. Isso garante um ângulo de visão muito maior que o dos televisores convencionais. A reprodução de cor e os detalhes que vemos numa TV 4K da LG são plenos. O espectador vai ver 100% do que está sendo exibido, independente do lugar onde se sentar”, explica.

Todos os televisores da linha 4K 2017 da empresa, como os modelos Ultra HD, Super Ultra HD e OLED/Foto: Reprodução

Pelo que indicam algumas estatísticas sobre os hábitos dos espectadores de TV, essa tecnologia deve melhorar a experiência de muita gente. Segundo uma pesquisa de 2017 da Ipsos (empresa de pesquisa e de inteligência de mercado), mais da metade dos usuários assiste a TV com um ângulo de mais de 15 graus em relação ao centro da tela –ou seja, as pessoas que tendem a ver televisão exatamente de frente para a tela são uma minoria. A partir do ângulo de 15 graus, uma TV de LCD convencional começa a perder precisão na exibição das cores, o que não acontece com os modelos 4K da LG.

Para quem tem intenção de comprar uma TV nova nesse momento, é difícil não pensar na Copa do Mundo da Rússia de 2018. O consumidor que gosta de convidar muitos amigos para assistir aos jogos da seleção brasileira em casa costuma procurar um aparelho grande, mas, às vezes, acaba se esquecendo de um detalhe importante: a visibilidade e qualidade da imagem.

Nesse ponto, os aparelhos que não perdem qualidade de acordo com o ângulo de visão proporcionam uma grande vantagem ao consumidor. Mesmo com a sala cheia, é fácil acomodar todo mundo sem prejudicar a visibilidade de ninguém. Assim ninguém vai perder aquele drible incrível ou se apertar pra ver um replay. Amontoado, só pra comemorar um gol do Brasil!

Um estudo feito pelo centro de pesquisas da LG revelou que uma TV de LCD convencional tem um prejuízo de 58% na reprodução de cor quando o espectador se posiciona a 60 graus do centro da tela. Com as TVs 4K da LG, essa perda é nula. “Se você imaginar que pode haver um conteúdo como um jogo de futebol em que um tom pode ser muito parecido com outro, quando você perde 58% da reprodução de cor, pode-se efetivamente perder um detalhe importante de um jogo, porque existe uma grande perda de cores e qualidade de imagem”, alerta Igor Krauniski.

Além da qualidade de imagem independente do ângulo de visão, os modelos 4K Ultra HD, Super Ultra HD* e OLED* da linha 2017 da LG têm outras características que vão agradar quem busca uma TV nova para torcer pelo Brasil, como o suporte para HDR e a compatibilidade com a tecnologia Dolby Vision*, que garante uma transmissão de imagem sem nenhuma perda da definição original. Toda essa qualidade pode ser usufruída em telas de 43, 49, 55, 60, 65, 75 e até 86 polegadas.

comentários

Outras Notícias

Veja também