Rogéria Rocha já está na passarela do Miss Brasil Américas representando o Acre

Do ludismo nos hospitais infantis para a passarela mais famosa do Brasil, no Rio de Janeiro

Rogéria Rocha, a representante do Acre no Miss Brasil das Américas 2018 já está no Rio de Janeiro, onde cumpre a partir desta segunda (20) uma agenda apertada de compromissos válidos pelo inovado concurso em matéria de beleza, que reúne 28 garotas de ilhas e capitais brasileiras.

A votação online que vai eleger a Miss Popularidade 2018 continua até a hora do concurso que ocorre no Novotel Porto Atlântico, região de Santo Cristo, no Rio de Janeiro. Rogéria é a terceira colocada. Embora ela não almeje ser a campeã nesta fase, pede para os acreanos continuarem votando.

“Eu quero ficar entre as mais votadas, isso já ajuda muito”, disse Rogéria, em entrevista exclusiva à Contilnet, quando arrumava, apressada, as malas e acertava os últimos detalhes para embarcar com destino à cidade maravilhosa.

Rogéria Rocha, a representante do Acre no Miss Brasil das Américas 2018/Foto: reprodução

Rompendo um pouco da ansiedade e do nervosismo natural de quem participa de um concurso como esse, Rogéria contou com detalhes como foi escolhida pela organização do evento para participar do Miss Brasil das Américas.

“Me mandaram um convite com as regras e eu, a princípio, não aceitei. Depois me informei com a Meire Manaus como funcionava e com outras meninas que já participaram de eventos como esse, aí aceitei a ideia”, disse Rogéria.

Miss Acre Estudantil e Miss Meta em 2007, essa será a primeira experiência de Rogéria Rocha em um concurso a nível nacional. Fora o trabalho fotográfico com modelos, o ludismo de dentro dos hospitais é a atividade mais prazerosa que ela exerce nas horas de folga no Grupo Trupe do Nariz Vermelho. O trabalho social foi um dos requisitos que carimbou o passaporte da acreana para o Miss Brasil das Américas.

“Tinha que participar de alguma atividade social, eu já fazia esse trabalho voluntário animando as crianças nos hospitais, uma experiência fantástica que me ajudou muito com cidadã” acrescentou a representante acreana.

A semana será agitada para a acreana. Confinada no Hotel que organiza o evento, Rogéria deve sair apenas para provas do vestido que usará na apresentação de gala, durante o desfile, além de aulas de passarela e dança. Quem ganhar o concurso representará o Brasil na Colômbia.

O concurso
O Miss Brasil das Américas, de fato, é inovador com relação à beleza. Cheio de provas extra passarela, a organização acredita que as candidatas podem expressar beleza além das medidas e alturas, “além do que os olhos podem ver”, disse Rogéria.

Perfil
Vascaína, do signo de touro, Rogéria Rocha tem 26 anos, é natural de Rio Branco. Trabalha na Federação das Indústrias e já morou em Santa Cruz de La Sierra, em 2007. Ela também é fotógrafa de modelo profissional, faz ensaios para a empresa Cor de Canela.

comentários

Outras Notícias

Veja também