Bittar diz que foi vítima de um golpe e áudio dele sobre aliados políticos foi editado


“Sugiro aos de boa-fé que ouçam os áudios, o completo e o editado, e verifiquem por si mesmos”, disse Marcio

SALOMÃO MATOS, DA CONTILNET

Em silêncio e bombardeado por todos os lados, seja de sua base aliada ou de seus adversários políticos, após o vazamento de um áudio publicado nas redes sociais, o pré-candidato ao Senado pelo MDB, Marcio Bittar, resolveu quebrar o silêncio e diz ter sido vítima de um golpe forjado com o único objetivo de destruir sua candidatura.

Confira na integra de nota publica que Bittar escreveu à imprensa:

-Reuni-me com partidos de oposição para analisar a conjuntura política e traçar estratégias conjuntas para as próximas eleições. É próprio da democracia o debate aberto e franco de ideias.

Bittar diz ter sido vítima de um golpe forjado com o único objetivo de destruir sua candidatura

Entretanto, de forma criminosa, adversários, tomados por ódio, gravaram clandestinamente e editaram minha fala, deturpando-a. Tentaram fabricar um escândalo e passar impressão distorcida de que eu estava a agredir meus aliados. Montaram a farsa para atingir a legitimidade da minha pré-candidatura ao Senado da República, pelo MDB.

Na próxima semana, em entrevista já agendada, esclarecerei os fatos e mostrarei que fui vítima de uma torpe trapaça. Não há nada no áudio gravado que eu não possa falar publicamente e de forma transparente.

Sugiro aos de boa-fé que ouçam os áudios, o completo e o editado, e verifiquem por si mesmos que não há nenhum indício de crime no que é falado. Aproveito a oportunidade para agradecer a todos os que me deram voto de confiança. Desejo que a campanha eleitoral seja baseada em debates de alto nível e não em querelas e futricas.

Quero discutir os rumos a serem tomados em favor do desenvolvimento do nosso Estado e da retomada da segurança pública dos acreanos. É isso que me alimenta e aumenta minha vontade de representar o Acre no Senado do Brasil.

comentários

Outras Notícias

Veja Também