Acadêmicos da Ufac protestam contra falta de materiais e aulas práticas


Revoltados com o descaso da reitoria, universitários foram até o prédio da reitoria manifestar

THALIS GUTIERRES, DA CONTILNET

Na manhã desta sexta-feira (9) os acadêmidos de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Acre (Ufac) resolveram dar um basta a uma situação que já se estende há um bom período de tempo. De acordo com um dos manifestantes o bloco do curso já não possui material para realização de aulas práticas há meses.

Manifestantes foram até o prédio da reitoria /Foto: Reprodução

Sem condições para realizar as atividades de uma maneira eficaz, os professores do curso resolveram então mudar a abordagem e invalidar as aulas práticas. Revoltados com o descaso por parte da reitoria e em busca das condições ideais de ensino, os universitários resolveram realizar uma manifestação no prédio da reitoria da Ufac no campus Rio Branco.

Cartazes cobrando investimentos no curso de Veterinária /Foto: Reprodução

Municiados de cartazes com dizeres como, “A nota é 4, mas o material é ZERO” e “Só a teoria não cura doença”, os acadêmicos pediram providências em relação às más condições ofertadas pelo curso. De acordo com eles, além da ausência de materiais, a paralisação da linha de ônibus que atendia o bloco de Veterinária, localizado a 2,4km do campus, também tem gerado transtorno e dificuldades para aqueles que pretendem dedicar a vida pela saúde dos animais.

Alunos pedem materiais para aulas práticas e ajustes nas estruturas dos blocos /Foto: Reprodução

“Só é feito um pregão, que infelizmente fica sendo adiado. Nosso prédio é novo, mas já apresenta algumas falhas estruturais. O que a gente tá pedindo aqui hoje não é nada absurdo, a gente só quer estudar. Como vamos comprovar que estamos prontos para o mercado de trabalho, se nunca praticamos situações na universidade?”, disse Natã Vieira.

comentários

Outras Notícias

Veja Também