Mais de 50 presos não retornaram e juíza determina que polícia encontre foragidos


“Esses presos já são considerados foragidos e também determinei a regressão de regime penal”, diz magistrada

SALOMÃO MATOS, DA CONTILNET

A juíza da Vara de Execuções Penais, Luana Campos, determinou nesta quinta-feira (8), que o Grupo de Capturas da Polícia Civil, iniciem as buscas para prender 55 detentos que cumpriam pena no regime semiaberto no Complexo Penitenciário UP4, apelidado de Papudinha, que não retornaram às celas após os atentados no presídio esta semana, que deixou pelo menos três mortos.

Segundo a juíza, hoje chegam 180 tornozeleiras e na semana que vem chegam mais outros 300 /Foto: ContilNet

Segundo a Magistrada: “Esses presos já são considerados foragidos e também determinei a regressão de regime penal e, tão logo sejam capturados, irão cumprir o restante de suas penas no regime fechado”, garante a juíza.

SAIBA MAIS:

Papudinha será desativada e presidiários do semiaberto irão retornar ao regime fechado

Os outros presos que cumpriam pena na Papudinha foram transferidos para a Penitenciária Francisco de Oliveira Conde (FOC) e devem receber tornozeleiras eletrônicas de monitoramento, durante suas saídas no regime semiaberto.

“Recebi a garantia da secretaria de Segurança Pública que hoje chegam 180 tornozeleiras e na semana que vem chegam mais outros 300 equipamentos”, finalizou a juíza.

comentários

Outras Notícias

Veja Também