TRT do Acre é premiado pelo CNJ por maior índice de acordos na Justiça do Trabalho


O prêmio tem como objetivo identificar, disseminar e estimular ações de modernização na Justiça

TON LINDOSO, PARA A CONTILNET

O Conselho Nacional de Justiça premiou nesta semana os vencedores da oitava edição do Prêmio Conciliar é Legal. Foram 12 categorias, entre elas os tribunais que alcançaram os maiores índices de conciliação nos 12 meses anteriores à campanha e os tribunais que mais conciliaram durante a XII Semana Nacional de Conciliação, ocorrida em 2017.

A Justiça do Trabalho de Rondônia e Acre foi destacada entre os Tribunais com os maiores índices de conciliação. O prêmio foi recebido pelo presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região, desembargador Shikou Sadahiro.

A ministra Cármen Lúcia entregou o prêmio/Foto: Reprodução

“O prêmio representa o reconhecimento do CNJ pelo esforço de magistrados e servidores do TRT14 que se empenharam na XII Semana Nacional de Conciliação, em 2017, na busca de melhores índices na pacificação dos litígios trabalhistas, no âmbito dos estados de Rondônia e Acre”, disse o presidente do Regional, desembargador Shikou Sadahiro, ao receber o prêmio entregue pela ministra Cármen Lúcia.

Lançado em 2010, o prêmio tem como objetivo identificar, disseminar e estimular ações de modernização na Justiça, sobretudo aquelas que contribuem para a pacificação de conflitos.

O Prêmio Conciliar é Legal está alinhado à Resolução CNJ n. 125/2010, que dispõe sobre a Política Judiciária Nacional de tratamento adequado dos conflitos de interesse no âmbito do Poder Judiciário. O presidente do TRT14 estava acompanhado do diretor geral das secretarias Lélio Lopes Ferreira Junior.

comentários

Outras Notícias

Veja Também