Solidariedade apresenta Vanda Milani como pré-candidata ao cargo de deputada federal


Aliança entre SD, PPS  PSC e PTB deve disputar as eleições com 43 deputados estaduais 

SALOMÃO MATOS, DA CONTILNET

A presidente do Solidariedade (SD) no Acre, Marcia Bittar, reuniu-se na tarde desta quarta feira (14), na sede do partido, no bairro Bosque, com seus correligionários para apresentar a pré-candidatura da Procuradora de Justiça Vanda Milani, que vai disputar uma vaga na Câmara em Brasília pela sigla.

Para deputados estaduais, os partidos que compõem a aliança (PSC, PPS, SD e PTB) pretendem disputar com 43 nomes.

Encontro aconteceu na sede do partido. Foto: Reprodução

Segundo Marcia Bittar, a aliança vai contar apenas com nomes de homens e mulheres pré-candidatos estão sem mandatos. “Novas lideranças com vontade de mudança para um Acre melhor e um Brasil de esperança”, disse a dirigente.

Ainda segundo a presidente do Solidariedade, outros dois partidos ainda devem se somar ao chapão. Na aliança, também constam como pré candidatos a deputado federal os nomes da publicitária Charlene Lima, pelo PTB, Jamyl Asfury, pelo PSC, e o da sindicalista Rosana Nascimento, pelo PPS.

SOBRE A PRÉ-CANDIDATA

Vanda Milani chefiou o Ministério Público do Acre por dois mandatos consecutivos (1999 a 2003). Em seguida assumiu a sub-procuradoria (2003 a 2005), durante a gestão do procurador-geral Eliseu Buchmaier. Ao término do mandato de Buchmaier, concorreu novamente e foi nomeado pela terceira vez (2005 a 2007) para o cargo de procurador-geral de Justiça. Nas Eleições de 2014 ela concorreu ao cargo de deputada federal pelo PP e conquistou 13.610 votos, ficando na segunda-suplência da oposição.

comentários

Outras Notícias

Veja Também