Rio Branco, Acre,

grevesindcol

Motoristas e cobradores anunciam greve caso não recebam 15% de aumento salarial

grevesindcolgreve

PUBLICIDADE

grevesindcolO Sindicato dos Trabalhadores em Transporte de Passageiros e Cargas do Estado do Acre (SINTTPAC), se reuniu na manhã desta quarta-feira, 27, em assembleia geral, para a documentação do primeiro indicativo de greve geral.

O presidente do sindicato afirma que as negociações iniciaram em abril, porém, sem avanço, a categoria ameaça parar caso as reivindicações não sejam atendidas até dia 1º de junho.

“Desde o dia seis de abril eu entreguei o documento para a convenção 2015/2016, e de lá pra cá a gente vem conversando. Conversamos até o dia 25 de maio, mas não avançou. Eles apresentaram índice 0 [de aumento salarial]”, explica o presidente do sindicato Francisco Marco.

Os motoristas e cobradores ganham em média de R$ 800 a R$ 1,7 mil. Com isso, a categoria reivindica aumento salarial em 15%, cláusula vale-gás e insalubridade.

Marco explica que outra reivindicação exclusiva às mulheres está em discussão. “Queremos também um benefício para as mães que saem de licença maternidade, para ganharem cesta básica”, declara.

Segundo o edital de paralisação, caso o Sindcol não apresente nenhuma “proposta decente até o dia 01/06/2015, segunda-feira, na terça-feira as mesmas serão paralisadas a partir das 08:00 (oito) horas da manhã por tempo indeterminado até que resolva-se”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up