Rio Branco, Acre,


EUA revelam que hackers acessaram dados de 334 mil contribuintes

Os hackers usaram um aplicativo da IRS conhecido como "Get Transcript", que permite aos usuários acessar suas transações e informação sobre as declarações da renda apresentadas.

ataqueshackersUm ataque empreendido por hackers conseguiu acessar dados fiscais de 334 mil contribuintes dos Estados Unidos, informou nesta segunda-feira (17) a IRS, agência de arrecadação de impostos do país.

Embora a IRS tivesse ciência do ataque desde maio, quando revelou que este tinha afetado os dados de 100 mil contribuintes, a informação proporcionada hoje pelo próprio organismo triplica esse número e coloca dúvidas inclusive sobre se seu alcance poderia ser superior.

PUBLICIDADE

No último dia 28 de maio, o FBI (Birô Federal de Investigações) abriu uma investigação para determinar o alcance e a autoria do roubo por parte de um grupo de hackers dos dados fiscais de mais de 100 mil contribuintes americanos nos quatro meses anteriores.

Os hackers usaram um aplicativo da IRS conhecido como “Get Transcript”, que permite aos usuários acessar suas transações e informação sobre as declarações da renda apresentadas.

Embora para acessar esse aplicativo seja necessário que o usuário responda a várias perguntas sobre sua identidade, os hackers obtiveram as respostas a partir de outras fontes de internet e as usaram para entrar nas contas.

Após saber do ataque em maio, a IRS realizou uma investigação interna na qual analisou até 23 milhões de usuários do “Get Transcript” durante os primeiros quatro meses de 2015, na qual descobriu que o número de afetados era superior ao revelado em um primeiro momento.

Além dos 334 mil usuários afetados, a IRS também informou que as contas de outros 281 mil foram atacadas “em vão” pelos hackers.

Os contribuintes afetados pelo ataque serão notificados por e-mail durante os próximos dias.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up