Rio Branco, Acre,


Fundador do PT em Senador Guiomard se desfilia do partido: “Um dia tive orgulho de ser petista”

"Um dia tive orgulho de ser PT, mas essa história chegou ao fim", declarou o vereador

Vereador Manoel Lima durante reunião com Aníbal
Vereador Manoel Lima durante reunião com Aníbal

O vereador do município de Senador Guiomard, Manoel Lima, fundador do PT naquela cidade, oficializou na última quarta-feira (19) o seu desligamento do partido. Lima possuía a carteira número 1 do partido que administra o Acre há 16 anos, mas decidiu deixar a sigla após discordar de atitudes de líderes partidários.

De acordo com informações de pessoas ligadas ao militante histórico do PT, a decisão de abandonar as fileiras do partido surgiu após as tensas negociações entre Executivo e professores durante a última greve da educação, que durou mais de dois meses e teve fim após o governador Tião Viana (PT) anunciar o corte do ponto dos grevistas e demissão dos professores provisórios.

PUBLICIDADE
Manoel Lima tem a carteirinha de número 1 do partido
Manoel Lima tem a carteirinha de número 1 do partido

Ao deixar o partido ao qual integrou por 25 anos, o vereador, que também é professor, criticou a sigla.

“Foram 25 anos de filiado e 28 de militância. Minha carteirinha era a de número 1 em nível nacional! Um dia tive orgulho de ser PT, mas essa história chegou ao fim”, declarou o vereador.

“Ele não se via mais como petista”, diz Ermício (Atualização às 11h45)

O presidente da Executiva Regional do PT, Ermício Sena, afirmou à reportagem da ContilNet, na manhã desta quinta-feira (20), que considera natural o pedido de desfiliação do vereador Manoel Lima, um dos fundadores do partido no Acre.

“Ele não se via mais como petista, é natural que saia das nossas fileiras. É vida que segue”, disse.

Ermício minimizou a saída do petista histórico afirmando que o PT tem conquistado centenas de novas adesões.

“Esse primeiro semestre de 2105 tivemos mais de 700 novas filiações, sem querer desmerecer qualquer ex-militantes, é vida que segue. Vamos intensificar a mobilização de nossos filiados e ampliar novas filiações”, frisou.

Manoel Lima, fundador do PT em Senador Guiomard, deixou a sigla afirmando que não tem mais orgulho de fazer parte das fileiras do partido.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up