Rio Branco, Acre,


Na fronteira com Peru, índios isolados invadem casa e saqueiam alimentos e utensílios

Coordenação regional da Funai no Vale do Juruá recebeu mensagem de aldeia alertando para a aproximação dos indígenas

Indígenas pertencem à mesma etnia que foi fotografada em 2008
Indígenas pertencem à mesma etnia que foi fotografada em 2008

O produtor rural José Alípio de Araújo Gomes, 45, do seringal Santa Cruz, no município de Jordão, na fronteira com o Peru, teve a casa saqueada por índios isolados na terça-feira (11). Os indígenas levaram utensílios e alimentos, de acordo com o relato do produtor ao Blog do Sales Mateus, de Tarauacá.

É a segunda vez que os índios realizam saque no mês de agosto, durante a estiagem amazônica, quando costumam se movimentar mais pela região. Há quatro anos, Evandro, irmão de José Alípio, também teve a casa saqueada pelos indígenas e por causa disso se mudou para a comunidade Novo Porto.

PUBLICIDADE

Os indígenas supostamente pertencem à mesma etnia que foi fotografada a partir de um avião por uma equipe da Fundação Nacional do Índio (Funai) em 2008. Neste último saque, mais uma vez não demonstram agressividade, aparentemente apenas em busca alimentos e utensílios domésticos dos moradores brancos.

Consultado pela reportagem, o indigenista Jairo Lima, coordenador regional substituto da Funai no Vale do Juruá, disse que recebeu mensagem da aldeia São Vicente alertando para a aproximação dos índios isolados na fronteira com o Peru.

A informação foi repassada ao pessoal da Frente de Proteção Etnoambiental do Envira, mantida pela Funai, que é responsável pela jurisdição dos índios isolados.

O produtor José Alípio de Araújo Gomes, que está no município de Tarauacá, disse que vai procurar o posto da Funai com a lista dos objetos que foram levados pelos indígenas, pois espera ser indenizado pela Funai.

“Vou esperar pela reclamação do morador, pois o posto da Funai em Tarauacá é subordinado diretamente à coordenação da Funai em Cruzeiro do Sul”, acrescentou Jairo Lima.

Servidores da Funai em breve vão sobrevoar a região onde vivem os índios isolados, na fronteira com o Peru, como parte do trabalho de monitoramento.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up