Rio Branco, Acre,


Senador Jorge Viana visita Cooperacre e conversa sobre novos investimentos

Petista foi à sede da entidade conversar com dirigentes da cooperativa que movimenta milhões de reais a partir do extrativismo acreano

Jorge visita sede da Cooperacre
Jorge visita sede da Cooperacre

O senador Jorge Viana fez na tarde desta sexta-feira (14) uma visita à sede da Cooperacre (Cooperativa Central de Comercialização Extrativista do Acre), onde se reuniu com dirigentes da organização e conversou sobre os novos empreendimentos que estão sendo executados pela entidade, como a indústria de beneficiamento de borracha em Sena Madureira, numa parceria com o governo do Estado, e a indústria de polpa de frutas na capital.

Hoje, a Cooperacre se consolida como exemplo de empreendimento que alia sustentabilidade e geração de renda para milhares de famílias que vivem na floresta. A entidade reúne atualmente 36 cooperativas de 14 municípios acreanos, tendo mais de 3 mil produtores associados. A movimentação financeira gira em torno de R$ 40 milhões ao ano.

PUBLICIDADE

A castanha é, sem dúvida, o carro-chefe. A cooperativa começou comercializando, em fevereiro de 2002, cerca de 25 mil latas de castanha por ano. Já na última safra, entre dezembro de 2015 e abril de 2016, se ultrapassou a produção das 600 mil latas. Hoje, a Cooperacre é fornecedora exclusiva de castanha para a Nestlé e a Nutrimental, além de outras grandes empresas nacionais e internacionais. O principal destino da castanha são os mercados do Sul e Sudeste do País.

Mas o beneficiamento da borracha e a produção de polpa de frutas também vêm conquistando boa parte do mercado. Hoje, a cooperativa é a responsável, por exemplo, pela coleta do látex entre os seringueiros e suas associações para atender às demandas da fábrica de preservativos Natex, que tem uma produção de mais de 100 milhões de camisinhas por ano. É também a segunda maior fornecedora de polpas de frutas no estado do Acre.

Os dados foram apresentados ao senador Jorge Viana pelo presidente da Cooperacre, Manoel José, e pelo Superintendente, Manoel Monteiro. Segundo eles, o grande desafio hoje é continuar investindo na cadeia produtiva, sempre a partir de uma gestão transparente e participativa dos milhares de associados.

“Hoje queremos também investir na diversificação de projetos de agregação de valor dos produtos extrativistas. Da castanha, por exemplo, a gente aproveita quase 100%. Além do fruto, também comercializamos o ouriço e a casca, por exemplo. Trabalhamos muito, com uma equipe muito dedicada, para conquistar tudo isso”, relatou o superintendente.

O senador Jorge Viana, que acompanha a história da Cooperacre desde a sua fundação, quando ainda era governador do Acre, destaca a importância da entidade para o modelo de economia sustentável. A cooperativa, que sempre contou com boas parcerias seja em seu governo, no governo do Binho e agora, com o governador Tião Viana, deve servir de exemplo para o Brasil e para o mundo, na opinião do parlamentar.

“A Cooperacre é um orgulho para todos nós. Ela gera milhares de emprego, é uma empresa acreana, uma cooperativa que deu certo. Todos nós temos que colaborar para que ela siga dando certo”, destacou o senador que além de novamente colocar o mandato à disposição da cooperativa, já acertou com os dirigentes uma visita às principais usinas de beneficiamento da instituição. (Assessoria)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up