Rio Branco, Acre,


“Carioca e nada são a mesma coisa”, diz presidente do partido de Alan Rick

Ele disse que não aceita ordens do assessor de Articulação Institucional do governo do Estado

manoel
Presidente do PRB disse que não aceita ordens do assessor de Articulação Institucional do governo do Estado

O presidente estadual do PRB, Manoel Marcos, afirmou à ContilNet na tarde de terça -feira (15) que desconhece qualquer ordem para que o deputado federal da sigla, Alan Rick, deixe os quadros da Frente Popular do Acre.

Ele disse que não aceita ordens do assessor de Articulação Institucional do governo do Estado, Francisco Nepomuceno, o Carioca e que o acordo do partido foi feito diretamente com o governador Tião Viana.

PUBLICIDADE

“O Carioca e nada para nós é a mesma coisa. Nosso trato e nossa conversa é com o governador Tião Viana a quem ajudamos a eleger”, frisou.

Manoel Marcos afirmou que não houve nenhuma conversa oficial sobre o assunto e ressaltou que não receberá ordens do articulador. “Não adianta mandar estas coisas por notinhas de jornal. Eu quero o comunicado oficial e não partindo dele, quero que o próprio governador Tião Viana diga o que está acontecendo”, diz.

Na manhã de terça-feira, o colunista Luiz Carlos Moreira Jorge, com mais de 40 anos de cobertura política, noticiou que recebeu do próprio Carioca a informação de que Alan Rick não fará mais parte da Frente Popular por ter votado contra o pacote de aumento de impostos proposto pelo governo petista nacional.

O deputado Alan Rick foi procurado pela reportagem, via celular, mas não foi encontrado por se encontrar em trabalho no plenário da Câmara Federal.

A reportagem da ContilNet também tentou contato com Carioca Nepomuceno através do telefone 99xx02xx, mas ele não atendeu as ligações.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up