Rio Branco, Acre,


Depois de se renderem aos carguinhos, os partidos nanicos agora se preparem para ser, novamente, coadjuvantes, nas próximas eleições

Previsão fatal

Minha previsão de 12h foi confirmada e os partidos “nanicos”, valentes, viraram gatinhos outra vez. Nunca vão largar o osso. Quando mudar de governador, ficam com o mesmo osso.

PUBLICIDADE

Vice dos nanicos? Nunca mais!

Depois de se renderem aos carguinhos, os partidos nanicos agora se preparem para ser, novamente, coadjuvantes, nas próximas eleições. Vão ter que engolir um vice de Marcus Alexandre (PT) ser um petista que nenhum deles gosta. É o preço por não saber viver sem a boquinha estatal.

Final “feliz”

Segundo o deputado Daniel Zeen (PT), líder do governo, foi tudo um mal entendido “que, felizmente, acabou bem para ambas as partes”.

Vereador corajoso

Esse episódio dos “nanicos” serviu para revelar algo interessante: a falta de medo do vereador Manuel Marcus (PRB). Ele arrochou o homem mais temido do PT, Carioca Nepomuceno, temido até por alguns próprios correligionários, quando disse que o mesmo não era nada para decidir sobre o afastamento do deputado federal Alan Rick (PRB) da Frente Popular. Na verdade, o vereador disse foi assim: “O Carioca e m. é a mesma coisa”. Tem coragem de mamar em onça.

Alívio para o governador

Essa vadiagem toda de partidos pequenos, muitos deles sem pano para as mangas, serviu para dar uma aliviada no governador Tião Viana (PT), que é mal falado em toda esquina de Rio Branco, por ter quebrado o Acre.

Ele não conhece o PT

“O pobre do deputado Jesus (Sérgio, PDT de Tarauacá) ainda não conhece o PT”. Do ex-prefeito de Tarauacá, Wando Torquato, na internet, analisando uma fala do parlamentar na sessão de anteontem, quando disse que não é bem aceito na Frente Popular.

Dirigente gentil

Apesar de tudo, o presidente do PT, Ermício Sena, é sereno. Não agride ninguém com palavras, apesar de ser duro nas decisões em favor da sigla.

Vantagem do Daniel Nogueira

Daniel Nogueira (PP) começa a juntar forças em Porto Acre para disputar a eleição, ano que vem. Já tem uma parte da comunidade evangélica e os fazendeiros.

Humilhados

Listinha de pessoas humilhadas pelo PT, que depois se juntaram ao partido: ex-deputados Roberto Filho e Bené Damasceno, ex-governador Romildo Magalhães, ex-deputado federal Osmir Lima, deputado federal César Messias, apenas para citar uns poucos.

Comércio ruim

Empresários acreanos não admitem, mas um deles me disse hoje que nunca na história do Acre o comércio foi tão mal quanto o mês de agosto.

Campeão no Quinari

Pela lógica o senador Sérgio Petecão (PSD) sempre será o mais votado em tudo no Quinari. Ele é, na história da bancada federal do Acre, o parlamentar que mais emendas liberou para aquele município.

Fica no PDT

Henry Nogueira, secretário de Pequenos Negócios do governo, não deixará o PDT. Foi ele mesmo quem garantiu a coluna. Ponto final nas especulações.

Nome resguardado

Henry Nogueira, a rigor, é um dos elementos notáveis do governador Tião Viana (PT). Terá o nome resguardado para futuros embates.

Decepcionada com traição

Marinheira de primeira viagem, a primeira suplente de deputado federal Marfisa Galvão (PSD), esposa do senador Sérgio Petecão (PSD), ainda se decepciona com traidores na política. Depois da próxima eleição ela vai se acostumar. Ou nunca mais disputa um pleito.

Terreno grande

Vendo um terreno no ramal do Mutum, medindo 20 x 50, logo depois do Café Contry. Meus contatos: [email protected]; 9922-2118; Facebook Evandro Cordeiro.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up