Rio Branco, Acre,


Em agosto, desmatamento na Amazônia Legal foi de 415 km², diz Imazon

Houve redução de 5% em relação a agosto de 2014, quando o desmatamento somou 437 km² e a cobertura de nuvens foi de 6%

imazon
Desmatamento e degradação florestal na Amazônia Legal em agosto de 2015 ﴾Fonte: Imazon/SAD)

O Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), ONG de Belém (PA), divulgou nesta sexta-feira (18) que os satélites detectaram  na Amazônia Legal, em agosto, 415 quilômetros quadrados de desmatamento o ﴾supressão total da floresta para outros usos  alternativos do solo), quando a região apresentou uma cobertura de nuvens de 7% do território.

O desmatamento representou uma redução de 5% em relação a agosto de 2014, quando o desmatamento somou 437 quilômetros quadrados e a cobertura de nuvens foi de 6%.

PUBLICIDADE

No mês passado, o desmatamento concentrou no Pará (36%), seguido por Mato Grosso (28%), Amazonas (17%), Rondônia (8%), Roraima (5%), Tocantins (5%) e Acre (1%).

As florestas degradadas somaram 131 quilômetros quadrados. Em relação a agosto de 2014 houve redução de 59% quando a degradação florestal somou 319 quilômetros quadrados.

A maioria (79%) ocorreu Mato Grosso, seguido pelo Pará (9%), Rondônia (9%), Roraima (3%) e Amazonas (1%).

Clique aqui para conferir o boletim do Imazon.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up