Rio Branco, Acre,


Empresário teve intestino e uretra perfurados; família acusa Nilton Guiotti de erro médico

“Notícia do caso ajudou a localizar médico responsável pela cirurgia, que viajou e deixou o paciente entre a vida e a morte”, diz parente de Helano Moniz

helano
Helano Moniz em estado grave no Hospital Beneficência Portuguesa (Foto: Arquivo Pessoal)

Além do intestino perfurado pela equipe liderada pelo cirurgião Nilton Guiotti, o empresário Helano Moniz também teve a uretra perfurada pelas equipe de enfermagem do Hospital das Clínicas de Rio Branco durante transplante em que doava o rim para o irmão dele, Heven Moniz, no começo deste mês.

Moniz teve que ser transferido na quinta-feira (10) em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) aérea para o Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo, após complicação durante o intraoperatório.

PUBLICIDADE

Leia mais:

Empresário tem intestino perfurado no Hospital das Clínicas ao doar rim para irmão

Hospital das Clínicas promete apurar se houve erro médico em transplante de rim

O caso foi noticiado em primeira mão por ContilNet com base em relatos de familiares dos dois pacientes e de fontes da Secretaria de Saúde. Um parente de Helano, que pediu para não ser identificado, contou nesta segunda-feira (14) que o estado de saúde do empresário apresenta progressão desde que começou o atendimento no hospital paulista.

“Mas são aquelas melhoras lentas. No sábado, pela manhã, por exemplo, ele foi desentubado. Está fazendo hemodiálise frequentemente, faz fisioterapia três vezes ao dia e já começou a mexer os membros”, disse.

De acordo com o parente, a notícia do caso ajudou na localização do médico Nilton Guiotti Siqueira, responsável pela cirurgia, que deixou o paciente entre a vida e a morte.

“Antes da matéria da ContilNet, o médico não havia sido localizado. Da parte do governo, absolutamente ninguém se manifestou. Depois da repercussão, o doutor Nilton apareceu. Disse que estava preocupado e agora está em São Paulo”, relatou.

Após a notícia de que o empresário teve que viajar porque o intestino foi perfurado durante o transplante, a Secretaria de Saúde prometeu divulgar uma nota de esclarecimento. Por sua vez, a direção do Hospital das Clínicas limitou-se a prometer que investigaria a possibilidade de erro médico.

“Ele permanece sob efeito de muitos remédios. Teve de ser assim para controlar as infecções. O quadro infeccioso está sob controle. Estavam pensando em abrir o corpo dele novamente, mas não fizeram isso por estar tudo sob controle. Com relação ao rim, ainda está falhando”, acrescentou.

Ele assinalou que ao sair de Rio Branco, o empresário começou a merecer tratamento diferenciado: recebeu meias térmicas e fisioterapia de forma intensa. “A todo minuto tem pessoas cuidando dele no Hospital Beneficência Portuguesa”.

Uretra perfurada

O parente de Helano revelou que não foi só o intestino do empresário que foi perfurado. “Na verdade, foram tentar colocar um cateter e perfuraram a uretra também. O doutor Nilton Guiotti Siqueira é um excelente médico, mas foi ele quem perfurou o intestino do Helano. Ele o operou e viajou. Não sei se ele estava com a cabeça na viagem. Não sabemos o que aconteceu. Quem furou a uretra foi a equipe de enfermagem do hospital”.

Quando ainda estava internado no Hospital de Clínicas de Rio Branco, a equipe médica que cuidava do empresário entendeu que teriam que retirar cerca de 15 litros de líquido do seu corpo. Às pressas, segundo o parente do empresário, um médico, identificado apenas por Suzuki, foi chamado para evacuar o líquido. Mesmo furando muitas partes do corpo, o médico só conseguiu retirar cerca de dois litros de líquido.

Ele não descarta a possibilidade de uma ação judicial, mas reitera que a preocupação da família, no  momento, é com relação ao estado de saúde de Helano. “São muitas pessoas envolvidas. Ainda não nos reunimos para tocar nesse assunto. Não posso dizer que descartamos esse assunto, mas nosso foco é a preocupação com a saúde dele. Estamos nos resguardando de tudo”.

Moniz está agora sob os cuidados do médico Tercio Genzini. A reportagem fez contato com o Hospital Beneficência Portuguesa e apurou que o estado de saúde do empresário, na manhã de segunda, era considerado “regular grave”, sendo submetido a novos exames para ver se continuará a responder ao tratamento que vem recebendo.

Atualização às 22h57

O parente de Helano informou que a situação do empresário é crítica. “Está previsto que seja submetido a uma cirurgia em que vão abrir a cabeça dele, nesta terça. É um procedimento de drenagem do cérebro para aliviar a pressão intracraniana. O Helano encontra-se em estado vegetativo. A situação é realmente muito grave”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up