Rio Branco, Acre,


“Esse governo é mentiroso, por fazer propaganda de que cuida da agricultura”, diz tucano

Milho do Mato Grosso

Essa semana o deputado Luiz Gonzaga (PSDB) desmentiu legal o deputado Lourival Marques (PT), que elogia o PT por ter feito do Vale do Juruá um pólo de produção agrícola. Com uma filmagem feita no centro da cidade, Gonzaga flagrou carretas de milho do Mato Grosso chegando para o mercado de Cruzeiro do Sul.

PUBLICIDADE

Prova pelas imagens

As imagens feitas por Luiz Gonzaga, inclusive com entrevista a comerciantes, provam, segundo ele, a “grande mentira do PT desde a época do Jorge Viana”. O governo do PT nunca investiu na agricultura da região.

Propaganda enganosa

“Esse governo é mentiroso, por fazer propaganda de que cuida da agricultura. Para começo de conversa, eles não arrumam nem os ramais onde colonos produzem algumas coisas ao menos para trazer para os mercados”, disse o deputado Luiz Gonzaga.

Diário de Any Franck

Nenhum aliado de governo no Acre foi submetido à humilhação atroz igual essa dos dirigentes do PSDC, obrigados pelo governador Tião Viana a escrever uma carta pública pedindo perdão pela rebelião do meio da semana. A carta é tão penosa que parece até o “Diário de Any Franck”.

Stocolmo

Mais é aquela história da Síndrome de Stocolmo, quando a vítima se apaixona loucamente pelo seu carrasco.

Ironia

Marcio Bittar, ex-deputado federal, ironizou a “loucura” dos dirigentes de partidos “nanicos” por dinheiro, usando uma frase de Voltaire: “Quem acha que o dinheiro é tudo, faz tudo por dinheiro”.

Golpe do governador

Todo o Acre sabe e alguns dirigentes dos nanicos que almoçaram comigo asseguram ter provas de que Tião Viana não tentou tomar só o PSDC, mas o PDT também.

Outro apagão

Para quem aguenta seguidos governos do PT no Acre, ficar calado diante desses apagões é fichinha. A Eletrobrás decidiu fazer seus racionamentos aqui exatamente por ter garantias de que, nessa região, ninguém se manifestaria.

Mais um aliado

Daniel Nogueira (PP) já pode contar com outro forte aliado em sua corrida pela prefeitura de Porto Acre: o senador Sérgio Petecão (PSD). Nesta sexta-feira saíram os dois rindo a toa de uma reunião.

Caminho inverno

Sérgio Baquer, uma das lideranças da oposição em Porto Acre, está fazendo exatamente ao contrário daquilo que ocorre em todo o Acre e no Brasil hoje: está deixando o PSD para se filiar no PT.

Vai entender.

Discurso afinado

Convidado a discursar durante a cerimônia de inauguração do Centro Cultural de Brasileia, sexta-feira à tarde, o advogado Valadares Neto deu um show de retórica.

Dava um prefeitão e tanto para aquela cidade, segundo sussurro das pessoas que estavam próximas de mim.

Trama do ex-prefeito

Assessores do prefeito de Bujari, Raimundo Tonheiro (PT), desconfiam que o grupo do ex-prefeito Michel Marques (PT), ligado ao deputado federal Sibá Machado (PT), pode estar por trás dessa trama do assédio sexual, do qual Tonheiro é acusado. Tudo para que Michel volte a ser o candidato do partido, me disseram.

Conversa fiada

Nenhum item da reforma política é mais parecido com a conversa de bêbado para delegado do que essa de proibir doações de empresas a candidatos. Faz tempo que eleição é decidida com o caixa 2.

Filiação em Plácido

Ex-vereador, o presidente do PSD em Plácido de Castro, Francisco Holanda, deve fazer um ato de filiação na próxima semana capaz de concorrer com o ato de sexta-feira à noite, em Epítaciolândia, onde mais de 60 pessoas se filiaram no partido do senador Sérgio Petecão, numa festa que mais parecia um carnaval fora de época, de tão animada.

Manoel Machado e Petecão: piada

Em campanha pela deputada federal Marfisa Galvão, sua mulher, o senador Sérgio Petecão (PSD) encontra numa sorveteria, em Tarauacá, o ex-deputado Manoel Machado, o Têta. Eterno improvisador e direto no assunto mais do que ninguém, Petecão abordou o ex-presidente da Assembleia Legislativa com o seguinte convite: – “Manel” vamos ajudar a Marfisa?! Machado, com a boca cheia do gelado produto da kibom, provocou o garanhão político: – Petecão, vamos sentar! – Sentar pra que, “Manel”?, retrucou o senador muquirana, já prevendo, mais ou menos, o desenrolar do papo. Do Manoel Machado: – Petecão, tu não sabe que para fechar acordo político tem que ter aquele dinheirinho!

O Petecão não quis mais nem o picolé de buriti da sorveteria, o canapé de sua preferência quando chega no glorioso município de Tarauacá. Meio que manquitola, se mandou com os assessores, entre eles o anão Montana Jack.

Terreno grande

Vendo um terreno no ramal do Mutum, medindo 20 x 50, logo depois do Café Contry. Meus contatos: [email protected]; 9922-2118; Facebook Evandro Cordeiro.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up