Rio Branco, Acre,


Hospital das Clínicas promete apurar se houve erro médico em transplante de rim

Paciente teve de ser encaminho às pressas para o Hospital de Beneficência Portuguesa, em São Paulo

diretorch
Superintendente diz que HC vai apurar se houve erro médico durante o transplante/Foto: ContilNet

A superintendente do Hospital das Clínicas (HC), Juliana Quinteiro, afirmou na manhã desta quinta-feira (10) que ainda não tem uma posição sobre o possível erro médico envolvendo o transplante do rim do empresário Helano Moniz. Ele foi mantido por dois dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e depois transferido em UTI no ar para o Hospital de Beneficência Portuguesa, em São Paulo.

O paciente, que doou um rim para o irmão, Heven Moniz, em transplante realizado na quarta-feira (2) da semana passada, teve grave complicação cirúrgica.

PUBLICIDADE

“Existe uma diferença entre erro médico e complicações intraoperatório” assinalou a superintendente. Ela assegurou que haverá investigação para saber se houve erro da equipe médica durante o procedimento.

Leia mais:

Empresário tem intestino perfurado no Hospital das Clínicas ao doar rim para irmão

De acordo com familiares, o empresário sofreu paradas cardíacas, sendo que uma delas  demorou cerca de 20 minutos.

A reportagem não conseguiu falar com a chefe da equipe de transplante, médica Jarine Nasserala. A unidade já realizou mais de 50 cirurgias intervivos.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up