Rio Branco, Acre,


Polícia Civil aciona embaixada da Suécia para translado do corpo de ciclista morta no Acre

O parceiro de Charlotte continua internado no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco

Vítima foi atropela por um carro e não resistiu aos ferimentos/Foto: O Alto Acre
Vítima foi atropela por um carro e não resistiu aos ferimentos/Foto: O Alto Acre

A direção da Polícia Civil do Acre contatou a embaixada da Suécia no Brasil para tratar dos procedimentos para translado do corpo da ciclista Johanna Charlotte Eklof, 26, que morreu ao ser atingida por um carro enquanto trafegava na BR-317, sentido Epitaciolândia/Rio Branco, na tarde desta terça-feira (15).

De acordo com o delegado Nilton Boscaro, o corpo da sueca está no Instituto Médico Legal (IML) de Rio Branco. A polícia espera somente o envio de cópia do passaporte de Charlotte para que as suas impressões digitais sejam atestadas, e ocorra a emissão da certidão de óbito. Somente após o cumprimento dessa formalidade o corpo estará liberado.

PUBLICIDADE

Segundo Boscaro, até a manhã desta quarta-feira (16) nenhum familiar da ciclista tinha entrado em contato com o IML acreano. “Estamos no aguardo se os procedimentos do translado serão feitos pela Embaixada ou pela família”, disse o delegado.

O parceiro de Charlotte, Karl Emil Andreas Börner, 25, continua internado no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco. De acordo com o último boletim medido, o seu estado de saúde é considerado  estável, mas passará por novas avaliações médicas ainda nesta quarta.

casal-suicos-21
O parceiro de Charlotte, Karl Emil Andreas Börner, 25, foi encaminhado ao Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco/Foto: O Alto Acre

Segundo o delegado Boscaro, todo o trabalho de perícia do acidente já foi concluído. A polícia terá 30 dias para apresentar as conclusões do acidente. Por não ter fugido do local e ter sido provado que não dirigia sob efeito de álcool, o motorista José Ribamar responderá ao processo em liberdade. Ele é morador de Senador Guiomard e tinha ido a Cobija, na Bolívia, fazer compras.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up