Rio Branco, Acre,


Prefeito Everaldo Gomes reinaugura centro cultural Sebastião Dantas, em Brasiléia

A obra custou 610 R$ mil e foi oriunda de uma emenda parlamentar do senador Petecão

????????????????????????????????????
Petecão e Jairo Carvalho acompanham a inauguração do espaço/Foto: ContilNet

O prefeito de Brasiléia, Everaldo Gomes (PMDB), reinaugurou, neste final de semana, o Centro Cultural Sebastião Dantas. Localizado no bairro Ferreira da Silva, o espaço, depois da reforma e ampliação, possui 680 metros quadrados, com salas destinadas às diversas atividades culturais e um auditório para mais de 300 pessoas. A obra custou 610 R$ mil e foi oriunda de uma emenda parlamentar do senador Sérgio Petecão (PDS).

“Eu primeiro lugar quero agradecer a Deus. Em segundo ao senador pela alocação dos recursos. Depois aos servidores, colaboradores e amigos. Este local foi construído pelo ex-prefeito Aldemir Lopes e, agora, neste resgate cultural, estamos devolvendo à população um espaço amplo e moderno que muito nos orgulha”, declarou Everaldo Gomes, que estava acompanhado por secretários e vereadores.

PUBLICIDADE
????????????????????????????????????
Espaço conta com salas destinadas às diversas atividades culturais/Foto: ContilNet

A solenidade contou com a presença de centenas de pessoas, entre elas artistas locais. ”Quero parabenizar o prefeito por esta iniciativa. Estou muito feliz porque agora temos para um espaço as nossas exposições”, comentou a artista plástica Neiva Gadelha, também conhecida por Neca Sam. “Isso aqui é maravilhoso”, disse José Rodrigues de Araújo, o Doutor da Borracha, que trabalha com artefatos à base de látex.

Outro artista presente, o escultor Geraldo Madaleno, de 84 anos, estava emocionado ao vê expostas suas peças em madeira. “Estas foram doadas para a prefeitura. Tudo aqui é material reaproveitado”, disse o senhor, para quem o novo espaço é um legado social-cultural imensurável. “Este homem é exemplo pra todos nós”, disse o secretário de Cultura, Roberto Nascimento da Silva.

Atrações      

Depois da apresentação do grupo folclórico de Rio Branco, Jabuti Bumbá, cujo espetáculo levantou o público, foi a vez dos artistas locais mostrarem os seus trabalhos. Uma das apresentações mais festejadas foi a dois irmãos Ian e Alan, de 12 e 10 anos, respectivamente, que cantaram músicas sertanejas e foram ovacionados pela plateia. A dupla aprendeu a tocar e cantar no próprio centro cultural.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up