Rio Branco, Acre,


“Carioca foi autorizado por Tião a anunciar saída de Alan Rick”, diz presidente do PT

Ermício diz acreditar que o episódio será superado e que continuarão unidos

Ermício durante reunião com Tião Viana/Foto: Secom
Ermício durante reunião com Tião Viana/Foto: Secom

O presidente da executiva estadual do PT, Ermício Sena, enviou nota à imprensa confirmando que houve desentendimento entre o secretário estadual de Assuntos Institucionais, Carioca Nepomuceno, e o deputado federal Alan Rick (PRB). Sena afirmou que existem divergências na forma de posicionamento acerca do governo Dilma Rousseff.

Ermício disse que o PT abomina o que ele chama de ‘golpe’ que está sendo tramado contra a democracia e contra a presidente Dilma Rousseff. Ermício garantiu ainda que Carioca foi autorizado pelo governador Tião Viana a anunciar que o deputado Alan Rick seria expulso da Frente Popular do Acre.

PUBLICIDADE

Na mesma nota, o presidente do PT afirma que um uma nova etapa de diálogo foi aberta com o parlamentar federal, tendo amplas possibilidades de se chegar a um entendimento.

“O Partido dos Trabalhadores sempre tratou as suas questões dentro dos princípios da verdade e da lealdade. Quem afirma que o incidente foi causado porque o deputado teria votado contra o retorno do imposto da CPMF é mentiroso e desleal.Sabemos que o governador Tião Viana nunca fez qualquer tipo de pedido direto ao deputado federal Alan Rick. O que pediu, por meio de um interlocutor, foi a defesa da honra, da normalidade institucional e constitucional, da democracia e não ao golpe contra uma presidenta legitimamente eleita pela maioria dos brasileiros”, diz trecho da nota.

Ermício Sena (D) diz que governador autorizou anunciar saída de Alan Rick da FPA
Ermício Sena (D) diz que governador autorizou anunciar saída de Alan Rick da FPA

Por fim, Ermício diz acreditar que o episódio será superado e que continuarão unidos.

O presidente da executiva estadual do PRB, Manuel Marcos, afirmou que Alan Rick está seguro da maneira que tem conduzido os posicionamentos dele na Câmara Federal e que ele tem votado em acordo com o bloco de 38 deputados, entre os quais figuram os membros do PRB.

Veja a nota na íntegra:

Nota em defesa da verdade

A Direção Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) no Acre esclarece que o incidente político envolvendo o dirigente partidário e secretário estadual de Assuntos Institucionais, Carioca Nepomuceno, e o deputado federal Alan Rick é de absoluta normalidade no campo democrático vivido no nosso país.

O episódio, que foi amplamente explorado na imprensa local, ocorreu porque há divergências na forma de posicionamento acerca da defesa plena da normalidade institucional e constitucional. Nós, do Partido dos Trabalhadores, abominamos o golpe que está sendo tramado contra a democracia e contra a presidenta Dilma Rousseff por setores da política e da imprensa nacional. Foi só isso, tão-somente isso.

Diante da divergência de postura, com absoluta serenidade e tranquilidade, o governador Tião Viana autorizou o secretário Carioca Nepomuceno a se posicionar publicamente. Agora, uma nova etapa de diálogo foi aberta com o parlamentar federal, tendo amplas possibilidades de se chegar a um entendimento.

O Partido dos Trabalhadores sempre tratou as suas questões dentro dos princípios da verdade e da lealdade. Quem afirma que o incidente foi causado porque o deputado teria votado contra o retorno do imposto da CPMF é mentiroso e desleal.

Sabemos que o governador Tião Viana nunca fez qualquer tipo de pedido direto ao deputado federal Alan Rick. O que pediu, por meio de um interlocutor, foi a defesa da honra, da normalidade institucional e constitucional, da democracia e não ao golpe contra uma presidenta legitimamente eleita pela maioria dos brasileiros.

Acreditamos que esse episódio será superado e que continuaremos unidos e fortes na construção de um Estado e de um país que ofereça oportunidades para todos.

Ermício Sena
Presidente do Partido dos Trabalhadores

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up