Rio Branco, Acre,


Revelado pelo Copão Comunitário, atleta assina contrato para jogar futebol profissionalmente

Aos vinte anos, Paulo Júnior está tendo a sua primeira oportunidade como profissional

Aos vinte anos, Paulo Júnior está tendo a sua primeira oportunidade como profissional/Foto: Ascom PMRB
Aos vinte anos, Paulo Júnior está tendo a sua primeira oportunidade como profissional/Foto: Ascom PMRB

Integrar as regionais da cidade e fazer com que as comunidades possam interagir através do esporte. Certamente, esse é um dos grandes objetivos do Copão Comunitário, torneio de futebol que é organizado pela prefeitura de Rio Branco através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), mas não é o único.

Recentemente, um jogador do time do Jorge Lavocat, bairro da regional Tancredo Neves, Paulo Júnior, foi descoberto pela equipe da Semel e convidado a fazer um teste na equipe da Associação Desportiva de Senador Guiomard (Adesg). Ele foi aprovado e já faz parte do time, que este ano disputa a série B do campeonato acreano.

PUBLICIDADE

Quem assistiu aos treinos do atleta, que se tornou uma revelação do Copão Comunitário, garante que ele tem talento, demonstrando nos treinos muita habilidade. No primeiro coletivo que participou no time da Adesg, Paulo Júnior fez os três gols, sendo um pelo time reserva e dois já testado como titular da equipe comandada pelo técnico Ico.

Em 2014, Paulo Júnior já tinha participado da segunda edição do Copão Comunitário defendendo o time do bairro Santo Afonso, também localizado na regional Tancredo Neves. Naquele momento, sua equipe não passou da fase de classificação de grupos, mas ele não desanimou.

Convidado este ano para defender o time do Jorge Lavocat, Paulo Júnior foi descoberto quando sua equipe enfrentava o Wanderlei Dantas no campo do Vasco. “Vi que era um jogador diferenciado e que poderia ser aproveitado na segunda divisão do campeonato acreano”, conta Nelson de Lima Silva, da equipe da Semel.

Para Nelson Lima, os clubes, inclusive os da primeira divisão, deveriam ficar mais atentos aos jogos do Copão Comunitário. Ele não tem dúvidas que além de Paulo Júnior, muitos outros talentos também podem ser descobertos em diversas outras equipes da competição.

Aos vinte anos, Paulo Júnior está tendo a sua primeira oportunidade como profissional. Antes, ele já tinha participado de times de base do Rio Branco e também do Flamenguinho. Torcedor do Flamengo, ele já possui até registro na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pretende se firmar como profissional.

Jogando como atacante, ele tem se destacado já na série B do campeonato acreano. No primeiro jogo que a Adesg realizou contra o Humaitá, fez dois gols e duas assistências, participando diretamente de quatro dos sete gols que o time de Senador Guiomard fez no adversário. Já na noite desta terça-feira, 8, Júnior entrou no segundo tempo da partida contra o Independência e marcou mais dois gols na vitória de 3 a 2, ajudando a equipe da Adesg a conquistar a primeira vitória do returno.

“Estou muito feliz em estar jogando como profissional. O Copão Comunitário é uma competição importante que tem revelado atletas e eu agora estou tendo essa oportunidade. Espero que outros jogadores possam ser revelados também e sigam a carreira de atleta. Eu pretendo me firmar como profissional”, fez questão de dizer o novo jogador da Adesg. (Ascom PMRB)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up