Rio Branco, Acre,


Rock in Ação traz ao Acre Biquíni Cavadão; grupo comemora 30 anos de carreira

A banda mostra a essência de um grupo que surgiu na década de 80, se consagrou em 90 e se reinventou no século 21

Banda estará no Acre em setembro
Banda estará no Acre em setembro

O Biquíni Cavadão celebra os 30 anos de carreira com a nova tournée “Me Leve Sem Destino”. Desde o lançamento, em março, na capital mineira Belo Horizonte, a banda já percorreu por várias cidades brasileiras.

Em setembro, será a vez do Acre fazer parte da tournée da banda, que também está com novo CD duplo, DVD e Bluray pela Sony Music – o lançamento, aliás, deu início às comemorações. O registro da banda em grande forma, realizado no Palácio da Música Oscar Niemeyer, em Goiânia, em maio de 2014 não foi devido apenas a um posicionamento geográfico que facilitasse a vinda dos fãs de todo país. Há tempos que o grupo criou uma base sólida por lá e a capital sertaneja tem um grande carinho pela banda. Tendo já gravado DVDs no Nordeste (Fortaleza – 2005) e Sudeste (Rio de Janeiro – 2008), foi o momento de a banda registrar a força que tem no Centro-Oeste.

PUBLICIDADE

Bruno, Coelho, Miguel e Álvaro mostram durante o show desta tournée a essência de um grupo que surgiu na década de 80, se consagrou na década de 90 e se reinventou no século 21. Suas músicas se desatrelaram do estereótipo saudosista para conquistar novos fãs a cada show que fazem. Suas letras são atemporais, sem gírias datadas, sem conceitos que marquem uma época ou lugar. Por isso, são facilmente passadas de pai para filho. A menina que se identifica com “Timidez” é o retrato da mãe que a cantava no começo da carreira da banda. Ironicamente, o país pouco mudou também. As críticas de “Zé Ninguém” até hoje parecem falar do que vivemos agora e não só de 1992, quando foi criada. Seja na crítica social ou nas baladas mais afetuosas, cada canção entoada, reflete a história de quem  fez das músicas do Biquini Cavadão a trilha sonora de suas vidas.

Com três músicos convidados no palco, o grupo desfila sucessos desde o começo da banda, em 1985, como “Tédio” e “No Mundo da Lua”.  Passeia pela década de 90 com “Vento Ventania”, “Impossível” e “Janaína”. Confirma os sucessos da década passada tocando  “Quando Eu Te Encontrar”, “Dani” (com uma inserção-homenagem aos “padrinhos” Paralamas cantando “Uma Brasileira”) e  “Quanto Tempo Demora Um Mês”. Finalmente,  mostra o ótimo momento em que se encontra cantando, com a possante colaboração do público, as músicas de seu recente disco “Roda-Gigante”, cuja faixa título foi indicada ao Grammy Latino como “melhor canção brasileira de 2013”.

No show o grupo apresenta ainda duas músicas inéditas: “Livre”, composta durante as manifestações de julho de 2013, uma reflexão sobre a liberdade que todos queremos e buscamos ao mesmo tempo em que nos questiona a liberdade que não exercemos. Além dela, “No Mesmo Lugar” tem sido bastante executada nas rádios do país.  São  faixas que fazem parte deste novo disco e que se unem às canções que a banda quer cantar nos próximos 30 anos!

Prepare-se: a banda estará no Acre no próximo dia 26 de setembro, na Maison Borges. Você pode obter mais informações na sede da Ação Eventos, que fica na Rua Quintino Bocaiuva, nº 1258, 1º andar – Sala 5, no Bosque (altos da Casa de Brinquedo). Fique bem informado também através da página oficial no Facebook: [link].

Sobre a banda Biquini Cavadão

Surgido em 1985, no Rio de Janeiro (RJ), o Biquini Cavadão nasceu do encontro de Bruno Gouveia (vocal), Carlos Coelho (guitarra), Miguel Flores da Cunha (teclados) e Álvaro Birita (bateria).

Nesses 30 anos de carreira o Biquini Cavadão acumula grandes sucessos como “Vento Ventania”, “Janaína”, “Tédio”, “Zé Ninguém”, “Dani”, entre outros hits que conquistaram todo o país. Mais informações no site www.biquini.com.br

Sobre o Rock in Ação

O projeto Rock in Ação faz parte da programação de bandas de rock que a Ação Eventos traz ao Acre. Criado em setembro de 2014, o Rock in Ação teve seu pontapé inicial dado com o show do ex-vocalista da banda Engenheiros do Hawai, Humberto Gessinger, que aconteceu no estacionamento do estádio Arena da Floresta.

Nomes como Nando Reis, que lotou a maior casa de shows do Acre em sua primeira e única vinda ao estado, já fizeram parte das atrações do projeto. (Assessoria)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up