Rio Branco, Acre,


Servidores da Justiça do Trabalho agradecem Petecão por apoio a PLC28

O senador Sérgio Petecão (PSD) recebeu em sua casa, em Rio Branco, nesse final de semana, um grupo de servidores da Justiça Federal do Trabalho e Eleitoral, representantes de Acre e Rondônia. Eles foram agradecer o empenho do senador em ajuda-los, durante votações, em Brasília, da PLC28, que pede reparação de perdas salariais alegadas desde 2006.

Segundo o grupo de funcionários, os prejuízos salariais se acumulam desde o início do governo Lula, mas só ano passado a categoria decidiu ser mais incisiva na luta por justiça. Após seguidas assembleias ficou estabelecido que os sindicatos brigariam por uma reposição que corrigisse ao menos a inflação de 2006 até a atualidade.

PUBLICIDADE

Para alcançar o objetivo os servidores da Justiça fizeram lobby em Brasília até conseguir junto ao Congresso Nacional a criação de um Projeto de Lei para regulamentar a situação. Os sindicatos contataram senadores e deputados federais de seus estados para ajudarem. No Acre, apesar de a categoria nem ter procurado Sérgio Petecão, o senador passou a ser um defensor da causa, ao se deparar com a matéria em pauta.

O representante do sindicato dos servidores da Justiça do Trabalho no Acre, Paulo Mesquita, explicou que os representantes das categorias procuraram o senador agora exatamente para agradecer pelo empenho dele. “O senador Petecão apadrinhou nossa causa, mesmo sem a gente tê-lo procurado antes, por essa razão viemos aqui, nessa comitiva de colegas de Acre e Rondônia agradecê-lo. Nossas perdas são significativas e precisamos contar com ele para que o Governo Federal corrija essa distorção”, afirmou Mesquita.

Como o PL foi aprovado pelo Congresso Nacional, mas vetado pela presidente Dilma, os servidores do Judiciário pediram ao senador Petecão que ajude a derrubar o veto. Segundo eles, a atitude “insensível” da presidente ainda poderá ser corrigida, uma vez que dia 22 de setembro já está na pauta a apreciação do veto. “Nosso projeto prevê que nós possamos ser ressarcidos das perdas em parcelas, que devem ser pagas até final de 2017, portanto sem tanta dificuldade para o tesouro nacional. E contamos com o senador Petecão para a derrubada desse veto no próximo dia 22”, concluiu Paulo Mesquita. (Assessoria)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up