Rio Branco, Acre,


Tião Viana só é o governador autoritário que é porque lida com gente disposta a ser vassalo para sempre

PSDC

A carta de retratação do PSDC já pode ser considerada a vergonha do ano no cenário político regional.

PUBLICIDADE

Deu em nada

Fizeram um circo, acompanhado de outros líderes tão corajosos quanto eles, rugiram como leões contra Tião Viana, mas bastou uma ligação do chefe de Estado e toda a valentia dos homens foi embora e eles escreveram uma carta afirmando que se equivocaram.

Equívoco total

Os nanicos se equivocaram não com a acusação de que Tião Viana teria tentando destituir algumas executivas, mas se equivocaram ao pensar, por uma fração de segundo sequer, que poderiam abrir mão das benesses do poder em nome da honra.

Xeque-mate

A verdade é uma só: quando ameaçaram tirar os cargos os rebeldes se calaram. Xeque-mate para o governador que conseguiu abafar a rebelião e desmoralizar para todo o sempre os nanicos.

Simples dedução

Tião Viana só é o governador autoritário que é porque lida com gente disposta a ser vassalo para sempre. Falta gente para discutir política ao invés de discutir carguinhos no governo.

Lene Oliveira

A vereadora Lene Oliveira conseguiu imprimir a marca própria no mandato. Ela é popular sem precisar de apelação.

Identidade própria

Outra coisa que Lene conseguiu foi definir uma imagem própria, sem necessitar da sombra do irmão senador.

Disputa acirrada

A disputa para a Câmara de Rio Branco será das mais disputadas dos últimos anos. Muitos nomes bons na disputa. Dos políticos veteranos quem deverá voltar ao parlamento mirim é o pastor Hélder Paiva.

Hélder Paiva

Hélder Paiva possui um eleitorado cativo que perpassa as paredes da igreja. O que tirou Hélder da Aleac na última disputa foi a insensata decisão de se filiar ao PEN.

Armando Melo

O secretário de Saúde, Armando Melo, deverá disputar uma cadeira no parlamento na próxima eleição para deputado.

Exame fantasma

Uma fonte segura garante que nunca houve a realização de laudo criminológico realizado no ex-coronel Hildebrando Pascoal.

Ninguém viu

O suposto exame que estaria em poder da Defensoria Pública nunca teria sido realizado. A procura pelo documento foi grande, mas apesar do processo não correr em segredo de Justiça, nem a imprensa e nem advogados tiveram acesso ao documento.

Difícil

A procura pelo tal laudo criminológico que deveria ter sido realizado no ex-coronel, a pedido do Ministério Público, já dura dias e mesmo assim ninguém nunca viu tal documento.

Gravíssima

A denúncia feita por uma fonte do Judiciário, que por motivos de segurança não quer se identificar, é gravíssima. A Defensoria garante que o exame foi realizado.

Onde?

Onde foi parar o tal exame criminologico realizado em Hildebrando Pascoal?

Bom dia a todos

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up