Rio Branco, Acre,


Acadêmicos arrecadam mais de dez toneladas de alimentos para doação

Alimentos foram arrecadados como parte das atividades da II Gincana Acadêmica de Fisioterapia

4a28adab-8a79-40a7-8d07-ec86e448f8b7
Toda a arrecadação oriunda das atividades será doada pelos acadêmicos as instituições da cidade/Foto: Ascom

Realizada no Ginásio Coberto Álvaro Dantas, a II Gincana Acadêmica de Fisioterapia da Uninorte, concluída no último sábado (28) contou com a participação de cinco equipes de acadêmicos discriminadas e divididas nas cores amarela, azul, branca, verde e vermelha. Todas com foco e determinadas a vencerem os desafios propostos, as equipes realizaram as mais diversas atividades imposta pela gincana. Ao final, a equipe ‘azul’ venceu a competição. O melhor é que toda a arrecadação oriunda das atividades será doada pelos acadêmicos as instituições da cidade.

Ao todo, as equipes conseguiram coletar mais de dez toneladas de alimentos, número que surpreendeu até mesmo os organizadores. “A expectativa era arrecadar no mínimo três toneladas de produtos não perecíveis, o mesmo número angariado na gincana realizada em 2015. Mas, o resultado foi muito superior à meta inicial”, comemora o coordenador do curso de Fisioterapia da Uninorte, Gustavo Moretti.

PUBLICIDADE

Além da arrecadação de alimentos e das diversas atividades realizadas ao longo da semana, a gincana também contou com doação de sangue. Cerca de 400 doadores contribuíram para o banco de sangue do Hemoacre. “Estamos muito felizes com as doações de sangue, pois sabemos da carência que o Estado enfrenta. Doar sangue é doar vida.”, disse a professora Simone Fernandes, também do curso de Fisioterapia. Para a mestre todos são vencedores, já que todas as equipes deram seu melhor.

Para o acadêmico do 7º período de Fisioterapia, William de Oliveira, todas as atividades da gincana contribuíram com o desenvolvimento dos alunos, onde sentiu um sabor especial de realização. “A sensação é de felicidade. É muito bom a gente estar ajudando as pessoas que precisam de sangue, de alimentos. Suamos muito, procuramos fazer todo o possível para dar tudo certo e o resultado final foi maravilhoso”, disse o acadêmico.

Muitas famílias serão agraciadas pelos alimentos arrecadados pelos acadêmicos, apoiadores e demais equipes participantes. A distribuição dos alimentos será realizada pela equipe organizadora. “Já temos as instituições cadastradas previamente. Vamos dividir e entregar de forma igualitária”, afirma Gustavo Moretti.

Para o coordenador do curso de Fisioterapia, além de proporcionar um festival de cores e de alegria, a gincana garantiu momentos inesquecíveis para os acadêmicos da Uninorte, que tiveram uma semana de união de esforços, confraternização, aprendizado e acima de tudo, solidariedade.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up