Rio Branco, Acre,


“Ainda sonho com a união de toda a oposição”, diz Petecão depois de mais um encontro

A reunião teve a participação do pré-candidato Tião Bocalom, ex-deputados Marcio Bittar, Osmir Lima e Alércio Dias

petecaobocalom
A reunião teve a participação do pré-candidato Tião Bocalom, ex-deputados Marcio Bittar, Osmir Lima e Alércio Dias

A quarta reunião seguida entre dirigentes de partidos que fazem oposição ao PT, realizada nesta segunda-feira (13) à tarde na sede do PMDB, embora com a ausência do PSDB, deixou o senador Sérgio Petecão (PSD) ainda muito esperançoso de uma união para a disputa pela prefeitura de Rio Branco. Ele foi conduzido ao posto de líder dessa cruzada cujo objetivo é, ao menos, juntar o maior número de partidos possível em torno de uma candidatura para atender um apelo das ruas. As pessoas acham, segundo pesquisas, que a junção é o antídoto fatal para começar a desbancar o PT a partir da prefeitura da capital.

Além do ambiente agradável, com muita demonstração de respeito entre dirigentes, a reunião desta segunda-feira assegurou o andamento de um processo prático rumo ao objetivo ao deliberar a formação da comissão que vai cuidar diretamente dos acordos que não se limitam apenas à capital, mas alcançam a montagem de chapas, inclusive, no interior. Cada partido, dentre os presentes PMDB, PSD, PP, PR, PPS, PMN e DEM apontou três membros que tomarão decisões nas próximas reuniões.

PUBLICIDADE

A reunião teve a participação dos ex-deputados Márcio Bittar, Osmir Lima e Alércio Dias, que terão voz ativa sempre que puderem estar presentes, embora Osmir estivesse participando na condição de membro do PSD. Bittar fez um discurso pregando a união como sendo a saída menos embaraçosa para uma provável vitória, mesmo discurso de Osmir e Alércio. “O PT está derretendo, desmoralizado, nos garantindo uma situação privilegiada, ante a eleição que se avizinha. Por isso prudência, humildade e inteligência precisam ser colocadas em pratica”, sugeriu Bittar.

“Não posso garantir que haverá a união de todos os partidos, mas continuo sonhando com essa junção. Vou lutar mais até que consigamos, ao menos, juntar o maior numero de partidos em torno de uma candidatura”, disse o senador Sérgio Petecão. Ele demonstrou estar satisfeito pelo avanço da ideia de estabelecer como um dos critérios importantes para a escolha do candidato a realização de pesquisas para ver quem melhor se apresenta. “Os melhores colocados nessas pesquisas se cacifam, naturalmente”, assegurou.

Ainda nesta segunda-feira o senador Petecão participou de uma reunião de seu partido em Bujari, antes de embarcar para Brasília. É provável que naquele município o PSD retire a candidatura de prefeito para unir as oposições. “Vamos decidir se retiramos, com nossos dirigentes de Bujari, para o PSD dar exemplo de como se abre mão de sonhos, as vezes, em nome de uma unidade”, afirmou o senador, que em seguida embarcou para a capital federal, de onde volta na próxima sexta-feira para ir direto ao Vale do Juruá, onde cumprirá extensa agenda. (Assessoria)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up