Rio Branco, Acre,


Buenos Aires pode ter vagões de metrô só para mulheres

A autora do projeto, deputada Graciela Ocaña, explica que os episódios ocorrem diariamente, mas não são anunciados na mídia.

Uma deputada apresentou um projeto de lei para instalar vagões somente para mulheres no metrô de Buenos Aires. Ela diz que a iniciativa é motivada por casos de assédio ou abuso que as mulheres sofrem. Para resolver o problema, as passageiras poderiam usar trens só para mulheres que funcionariam nos horários de pico, ou seja, entre às 7h e 10h e das 17 às 19h.

A autora do projeto, deputada Graciela Ocaña, explica que os episódios ocorrem diariamente, mas não são anunciados na mídia.

Embora a parlamentar reconheça que a solução do problema exige uma “abordagem de conjunto” e “requer um trabalho profundo para impedir estes episódios”, ela salienta que idêntica iniciativa já foi implementada no Brasil, Egito, Malásia, Tailândia, Índia, Japão, países em que, diz, têm tido bons resultados.

PUBLICIDADE

Além disso, Graciela informou que no México, após a aplicação de medida semelhante, “as alegações de abuso sexual foram reduzidas em 26%”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up