Rio Branco, Acre,


Cerveró diz que Collor recebeu propina; empreiteira foi responsável por construções no AC

Empresa ganhou todas as licitações da BR desde que ele assumiu sua diretoria, em 2008

Nestro Cerveró, ex-diretor da Petrobras/Foto: Divulgação
Nestro Cerveró, ex-diretor da Petrobras/Foto: Divulgação

Em delação premiada, o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró acusou o senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) de receber entre R$ 15 milhões e R$ 20 milhões da UTC para que a empresa construísse as bases de distribuição de combustíveis da BR Distribuidora, subsidiária da estatal. A informação é da Agência Estado.

Uma dessas bases de distribuição foi feita, de acordo com publicação, em Cruzeiro do Sul, no Acre. Segundo o delator, a empresa ganhou todas as licitações da BR desde que ele assumiu sua diretoria, em 2008. Além da base feita no Acre, a empreiteira foi responsável pela construção da base de distribuição de Porto Nacional, em Tocantins.

PUBLICIDADE

A empreiteira foi responsável também pela ampliação do terminal de distribuição de combustíveis de Duque de Caxias.

Collor e Pedro Paulo já foram denunciados pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF). A defesa de Collor nega que o senador tenha participado dos processos internos e licitações realizadas pela BR Distribuidora e afirma que jamais recebeu propina da UTC.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up