Rio Branco, Acre,


Deputados da oposição denunciam possível manobra do governo para barrar ‘CPI da BR’

O líder do PP na Aleac, Ghelen Diniz, repudiou a apresentação dos requerimentos de Daniel Zen e qualificou como manobra baixa para abafar os supostos escândalos governistas

Deputado Luiz Gonzada acusa líder do governo de tentar barrar 'CPI da BR'
Deputado Luiz Gonzada acusa líder do governo de tentar barrar ‘CPI da BR’

O líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Daniel Zen (PT), protocolou na manhã de quarta-feira (8) requerimentos para a instalação de três comissões parlamentares de inquérito (CPI).

As três comissões seriam para averiguar se as prefeituras estão cumprindo com a determinação de aplicar o percentual mínimo na área da saúde, pagando direitos trabalhistas dos funcionários que prestam serviço de forma terceirizada e a denúncia de prática de agiotagem no estado.

PUBLICIDADE

A oposição reagiu e acusou a base governista de manobra para tentar brecar a CPI que investigará a venda ilegal de casas e a segunda comissão proposta pelo tucano Luiz Gonzaga para averiguar se houve desvio de recursos destinados à recuperação da BR-364.

De acordo com o regimento interno da Aleac, apenas três comissões podem atuar ao mesmo tempo. Assim sendo, a CPI da BR, que ainda não alcançou o número mínimo de assinaturas para que seja instaurada, ficaria prejudicada e seria impedida de funcionar.

O líder do PP, Ghelen Diniz, repudiou a apresentação dos requerimentos de Daniel Zen e qualificou como manobra baixa para abafar os supostos escândalos governistas.

“Vergonhoso isso aqui feito pelo líder do governo. Eles vêm aqui apresentar três temas sem a menor importância, para assim evitar que CPIs realmente importantes sejam instaladas. Uma vergonha ver um deputado tão preparado quanto o líder do governo fazendo uma manobra espúria para que não se investigue as coisas erradas do governo”, criticou.

Outro deputado oposicionista que repudiou a manobra governista foi o tucano Luiz Gonzaga. “Uma vergonha absoluta o que eles estão fazendo, tentando brecar uma CPI para investigar aonde foi parar o dinheiro que veio para recuperar a BR-364”, protestou.

Há mais de um ano o deputado tenta conseguir oito assinaturas, o total mínimo, para que a CPI seja instaurada e apenas nesta terça um deputado governista acenou com a possibilidade de assinar o requerimento.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up