Rio Branco, Acre,


Esposas de presos fecham estrada em protesto contra a falta de água no presídio

Esposas de detentos fecharam a estrada que dá acesso ao presídio Francisco de Oliveira Conde
Esposas de detentos fecharam a estrada que dá acesso ao presídio Francisco de Oliveira Conde

Na manhã desta quarta-feira (22), familiares de presos resolveram fechar a estrada que dá acesso ao Presídio Francisco de Oliveira Conde (FOC) e Antônio Amaro em protesto contra falta de água nas celas.

As famílias aproveitaram o dia de visita íntima para protestar. Dentro do presídio, os presos também iniciaram uma manifestação batendo nas grades das celas. As esposas dos detentos foram para frente do presídio protestar fechando a estrada.

PUBLICIDADE

De acordo com as manifestantes, elas só pretendem liberar a via quando resolverem o problema da falta de água dentro do presídio.

De acordo com a assessoria de imprensa do Instituto de Administração Penitenciária do Acre, o presídio está sem água devido um problema enfrentado na Estação de Tratamento de Água.

“Devido à falta de água na cidade, em virtude de um problema na ETA, os presos não querem que a visita íntima seja realizada hoje. E as mulheres que foram para visitar, fizeram um manifesto em frente ao Complexo Penitenciário”, diz assessoria.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up