Rio Branco, Acre,

presidio rbo tjac mai14 04

Sindapac pede CPI para investigar irregularidades no sistema prisional

"Estimamos que aproximadamente meia tonelada de drogas tenha entrado no sistema penitenciário acreano em 2015", diz Adriano Marques

“De dentro de um presídio, líderes do PCC mandaram executar o agente Anderson Albuquerque", disse Adriano Marques/Foto: ContilNet
“Estimamos que aproximadamente meia tonelada de drogas tenha entrado no sistema penitenciário acreano em 2015″, disse Adriano Marques/Foto: ContilNet

Estimamos que aproximadamente meia tonelada de drogas tenha entrado no sistema penitenciário acreano em 2015.

O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindapac), Adriano Marques, protocolou na mesa diretora da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) um ofício solicitando a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as irregularidades no sistema penitenciário acreano e as supostas dificuldades enfrentadas pelos agentes para trabalhar.

PUBLICIDADE

Adriano afirma que há muito tempo o sistema prisional acreano está em colapso e que, portanto, é preciso tomar providências para resolver a questão.

Ele destaca ainda que as condições de trabalho dos agentes são extremamente precárias. “O agente penitenciário tem sido sacrificado a ser às vezes médico, advogado, assistente social, psicólogo, dentista, enfermeiro e farmacêutico. Por outro lado, o governador faz vista grossa às precárias condições dos agentes penitenciários e aos próprios presos”, reclamou.

O sindicalista ressaltou que o trabalho dos agentes se torna mais difícil pela falta de condições estruturais do próprio sistema.

“Nenhuma unidade prisional possui body scanner. Estimamos que aproximadamente meia tonelada de drogas tenha entrado no sistema penitenciário acreano em 2015. Outra coisa é que nenhuma [unidade prisional] possui o número proporcional de agentes penitenciários para o de presos, sem contar que falta equipamentos para segurança também”, denunciou Adriano.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up