TJAC decreta prisão de jovens suspeitos de incendiar Centro Socioeducativo


A decisão ocorreu durante uma audiência de custódia que por já terem alcançado a maioridade penal, foram transferidos para o FOC

REDAÇÃO CONTILNET

O Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) divulgou na manhã desta quarta-feira (24) que os quatro jovens suspeitos de provocar o incêndio que destruiu um alojamento do Centro Socioeducativo Acre, ocorrido na última segunda-feira (22), tiveram a prisão preventiva decretada.

A decisão ocorreu durante uma audiência de custódia que por já terem alcançado a maioridade penal, foram transferidos para o presídio Francisco d’Oliveira Conde (FOC). Outros três adolescentes foram identificados como participantes da ação criminosa e devem responder por dano ao patrimônio público em outras unidades, já que ainda são menores.

Entenda o caso:

O incêndio foi registrado última segunda-feira (22) e destruiu o alojamento “A” do Centro Socioeducativo Acre, localizado no Bairro Apolônio Sales. No alojamento estavam 34 jovens em conflito com a lei que foram remanejados para outras unidades dentro e fora da Capital. Apesar da intensidade das chamas, ninguém se feriu.

O fogo começou por das 18h e foi controlado pelo Corpo de Bombeiros. As forças do Estado já se reuniram para debater a reconstrução do espaço.

comentários

Outras Notícias

Veja Também