Lamparina: Simpatizantes da Rede temem que Marina Silva seja “segunda via do PT”


As más línguas andam dizendo que Marina pode ser a opção em caso de Lula ser condenado e se tornar inelegível

Foto capa

REFORMA POLÍTICA
Partidos menores andam preocupados com a nova Reforma Política e a real possibilidade dos seus desaparecimentos, frente um possível insucesso de seus candidatos nas próximas eleições que garantam suas sobrevivências no atual cenário.
Preocupado com isso, um desses partidos, o PROS, que tem hoje na direção estadual o ex-deputado federal Fernando Melo, convidou o senador Jorge Viana (PT), que é relator do projeto, para explicar e detalhar as novas regras. Jorge foi duro em suas explicações e disse que “quem não se adequar tá fora”.

O REI NÃO MORREU
Impressionante o carisma do senador Jorge Viana (PT), por onde ele passa recebe abraços, carinho de populares e até mesmo adversários políticos se dobram a sua inigualável simpatia. Não é à toa que a briga da oposição vira e mexe não para fazer as duas cadeiras, mas sim pela segunda vaga no senado mesmo.

EMPATIA E RAZÃO
Dirigentes dos partidos que compõem a Frente Popular andam reclamando que na atual conjuntura sobre a derrocada do Partido dos Trabalhadores no cenário estadual e nacional, é muita pretensão da sigla lançar dois candidatos ao senado no Acre (o que nunca houve antes). O que os nanicos da FPA não souberam dizer ou indicar é qual nome eles têm que seja melhor aceito e mais forte que o do deputado estadual Ney Amorim (PT) para disputar a cadeira.

VAI DAR TRETA
Essa arenga entre os servidores da Saúde e assessores do governador Tião Viana pelas redes sociais, em relação a salários atrasados e até ameaça de demissão, pode ir além das expectativas nas próximas eleições, tendo em vista tudo que diz respeito ao atual governo acabar respingando no virtual candidato do PT, Marcus Alexandre, que não tem nada a ver com isso.

NOS BURACOS
Marcus Alexandre, que já não anda bem das pernas por causa dos inúmeros buracos na cidade que ele administra, além das denúncias que pesam contra ele sobre corrupção no Deracre, qualquer empurrãozinho a mais ele pode acabar caindo numa dessas crateras e não se levantar mais.

EFEITO BOLSONARO
Os dirigentes do LIVRES estão “pulando fora do barco” no Partido Social Liberal (PSL), após o presidenciável Jair Bolsonaro ter se filiado à sigla na semana passada. Além disso, dizem que “foi jogo sujo” o que o presidente da executiva nacional do PSL, Luciano Bivar, fez sem consultar as bases do partido nos Estados aceitando Bolsonaro. Quem também ficou em uma saia justa em meio a essa briga de foice foi o pré-candidato ao Governo do Acre, Coronel Ulysses, que acredita ir longe surfando na onda “linha dura” de Bolsonaro.

TAMU JUNTO
Em reunião fechada, um dos simpatizantes da Rede Sustentabilidade disse que saiu “com um pé atrás”, após um encontro para discutir sobre as pré-candidaturas no Acre e o nome da ex-ministra Marina Silva para presidente da república. As más línguas andam dizendo que Marina é “a segunda via” do PT, em caso de Lula ser condenado no próximo dia 24 e se tornar inelegível. O simpatizante da Rede disse que ao perguntar no auditório qual era a senha do Wi-fi, disseram: “FRENTE POPULAR”, tudo junto com letras maiúsculas. Eu eihmm!

O Lamparina volta amanhã. BOM DIA!

comentários