Lula chegou a Curitiba como postulante à Presidência e saiu como candidato a detento


Como era esperado, nesta quinta-feira o PT lançou a pré-candidatura de Lula ao Palácio do Planalto

Foto capa REDAÇÃO CONTILNET

Na Band 
O Jornal da Band dedicou – na última quarta-feira (24) – meio bloco de notícias ao julgamento que ampliou de 9,6 para 12,1 anos de prisão a sentença do juiz Sérgio Moro dada ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no caso do tríplex do Guarujá-SP.
Qualquer telespectador, por mais desavisado que seja, viu a pressa em encerrar o assunto, depois do qual se noticiou um acidente de caminhão…

Na Globo
Pouco mais tarde, a Rede Globo ocupou os quatro blocos do seu principal telejornal com a notícia – três deles com a leitura dos trechos mais importantes da sentença da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), e o último dedicado a retratar a movimentação do PT, PCdoB, PSB, PMN e PRB, em junho de 2010, em favor da aprovação da Lei da Ficha Limpa.

Parênteses necessários
Este colunista nunca viu a patrulha petista desancar o Jornal da Band. Já o Jornal Nacional… E eis que o ‘mistério’ pode ser explicado pelos exemplos dados aí acima.

Deboche
Tal posicionamento pode ser transposto a outras situações sem prejuízo do deboche que os companheiros tratam o discernimento alheio. Não acredita o leitor? Vamos, então, a três casos distintos.

Exemplo número 1
No último final de semana, por exemplo, em entrevista dada a um jornal local, o senador Jorge Viana (PT) afirmou que Lula não pode ser dono do tríplex porque uma juíza (ele não declinou o nome da meritíssima) já havia determinado que o tríplex pertence à empreiteira OAS. Registrado.

Exemplo número 2
Semanas atrás, a chefe da assessoria de imprensa da prefeitura de Rio Branco, Andréia Forneck Oliveira, insinuou a este colunista que o também petista Marcus Alexandre é inocente na acusação de ter desviado mais de R$ 700 milhões dos recursos públicos destinados a obras em rodovias federais no Acre e Rondônia. E para respaldar seu ‘pitaco’, dona Andréia recorreu ao argumento de que o chefe e correligionário foi inocentado em 45 dos 49 processos judiciais a que responde por sua passagem pela diretoria do Deracre e como ordenador de despesas da capital.

Exemplo número 3
A vice-governadora do Estado, Nazareth Araújo (PT), chegou a sugerir, em uma entrevista dada a um periódico local, que Dilma teria sido cassada por ser mulher. E chegou a citar um levantamento no qual, segundo ela, consta o interessante dado de que a ‘presidenta’ teria sido chamada de ‘vaca’ algumas centenas de milhares de vezes nas redes sociais.

Leitura dinâmica
A começar pela premissa de Jorge Viana, basta que façamos a seguinte pergunta: por que diabos a palavra de uma única magistrada deve valer mais do que uma sentença dada por Moro, sobretudo quando respaldada por promotores do Ministério Público Federal e agora por três desembargadores do TRF4?

Elementar
Ora, a questão é muito simples: a palavra da ilustríssima desconhecida pesa mais no conceito do senador petista porque convém a ele e aos correligionários que assim seja. Amém.

Vale quanto pesa
Do mesmo modo, 45 arquivamentos de processos que têm como alvo o prefeito da capital são referenciais de sua suposta inocência, ainda diante da possibilidade de que seja condenado em um dos outros cinco aos quais responde. E do mesmo modo como discordam da sentença dada a Lula – a qual, vamos repetir, foi confirmada pela 8ª turma do TRF4 –, está claro que, na hipótese de uma condenação futura de Marcus Alexandre, os companheiros haverão de ser contra a decisão. Afinal, a justiça só tem validade quando beneficia essa gente. E erra sempre que um deles é condenado.

Cada coisa!
Por fim, a maior idiotice que este colunista já ouviu, mesmo que de forma enviesada, foi a que atribui a deposição de Dilma Rousseff ao fato de ser mulher. Se assim fosse, ela não teria sido eleita duas vezes presidente da República – coisa que nem mesmo a mais avançada e menos misógina (pelo menos em relação à nossa) democracia do mundo, que vem a ser a dos Estados Unidos, conseguiu fazer, ou seja: eleger uma mulher para o cargo mais importante da Nação.

Pobres petistas
E enquanto discursava em favor da inocência de Lula, o staff petista chegou à capital gaúcha de avião a bordo do Legacy 600, de propriedade do Bank of America. A versão do partido é que a direção do PT bancou o aluguel do jato e os 80 apartamentos reservados por três dias à comitiva do chefão.

Perdulários
Com o preço médio da diária a 170 dólares, só em hospedagem, portanto, a tropa de elite do Partido dos Trabalhadores gastou quase 50 mil dólares – ou mais de 150 mil reais, conforme assinalou o jornalista Augusto Nunes, da revista Veja.

Bingo!
Conforme escreveu o colunista de Veja, “Como as delegações dos grandes times de futebol, o clube de Lula recebeu do hotel um tratamento vip, que incluiu o elevador privativo e uma ala inteira com acesso restrito aos hóspedes e seus convidados. Faz sentido. Se a Justiça cumprir seu dever, o time que dormiu no Sheraton vai fazer bonito no Campeonato Nacional do Sistema Penitenciário”.

Virou baderna!
Por fim, nesta quinta-feira (25), a executiva nacional do PT lançou a pré-candidatura de Luís Inácio ao Palácio do Planalto, atropelando a Lei da Ficha Limpa, defendida pelo PT na Câmara e no Senado, e sancionada sem emendas pelo próprio Lula quando ele era presidente. Isso mostra o quão republicanos são os companheiros…

comentários

Outras Notícias