YouTube repreende Logan Paul por vídeo: ‘Suicídio não é piada’


Plataforma repreendeu criador de conteúdo que publicou imagens de uma visita a floresta japonesa Aokigahara

VEJA

Depois de mais de uma semana da repercussão do vídeo em que o youtuber Logan Paul visita a floresta japonesa Aokigahara, no monte Fuji, conhecida como “a floresta do suicídio”, o YouTube publicou uma carta aberta aos seus seguidores. Através do Twitter, a plataforma repreendeu o conteúdo postado pelo americano e afirmou: “Como muitos outros, estamos chateados com o vídeo compartilhado na última semana. Suicídio não é uma piada e nunca deve ser usado como uma força para ganhar visualizações”.

O YouTube ainda se desculpou pela demora para publicar um posicionamento oficial e afirmou que promoverá mudanças na plataforma: “Teremos mais coisas para compartilhar em breve sobre decisões que estamos tomando para garantir que vídeos como esse nunca circulem novamente”. Além disso, criticou a atitude de Logan Paul, afirmando que o canal violou as orientações da comunidade e que agora estão “investigando as possíveis consequências”.

Logan Paul: criticado por postar vídeo de suposto corpo em floresta do suicídio/Foto: Reprodução/Youtube

O vídeo, publicado com o título “encontramos uma pessoa morta em floresta do suicídio japonesa”, mostrava Paul com seus amigos, andando pela floresta Aokigahara, conhecida pela grande incidência de suicídios. As imagens mostram os jovens rindo e fazendo piadas após encontrarem o que seria um corpo de uma pessoa enforcada em uma árvore com o rosto desfocado.

Após uma grande repercussão negativa na internet, o youtuber pediu desculpas, apagou o vídeo e afirmou que ficaria um tempo fora das redes sociais.

comentários

Outras Notícias

Veja Também