Deputados atendem reivindicação de servidores e derrubam veto do Governo ao Pró-Saúde


Agora cabe ao governador recorrer à Justiça para averiguar se o procedimento é suficiente para regulamentação do projeto

THALIS GUTIERRES, DA CONTILNET

Após aproximadamente duas horas reunidos em uma sala no andar de cima da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), os deputados deram início à sessão extraordinária, na qual teria como pauta a votação entre os parlamentares a respeito do veto do governador Tião Viana ao projeto que regulamenta o Pró-Saúde e, teoricamente, salva o emprego de quase dois mil servidores.

Na manhã desta terça-feira (13), a tribuna da casa foi utilizada praticamente como um palco pelos parlamentares. Entre promessas de votos pela derrubada do veto e confirmações de apoio à categoria, os deputados gastaram longas horas fortalecendo sua imagem perante os manifestantes.

Com o início da sessão extraordinária, era chegada a hora da verdade. Tanto os parlamentares de oposição como da base governista precisaram declarar o apoio ou não ao veto efetivado por Tião Viana.

Com um total de 22 votos, o veto ao projeto de regulamentação do Pró-Saúde foi derrubado e agora cabe ao governador Tião Viana recorrer à Justiça acreana para averiguar se o procedimento é suficiente para regulamentação do projeto.

comentários

Outras Notícias

Veja Também